Shakespeare em dose dupla/ CCVF

Nuno Cardoso regressa ao Centro Cultural Vila Flor (CCVF), em Guimarães, já no próximo dia 22 de fevereiro, para apresentar “Coriolano”, a sua mais recente incursão no universo shakespeariano. No fim de semana seguinte, no dia 1 de março, é a vez de Beatriz Batarda trazer ao palco do CCVF a sua encenação de “Como Queiram”, ficando Guimarães bem preenchida de Shakespeare.

O célebre dramaturgo inglês é levado a cena por dois nomes seguros do teatro português: Nuno Cardoso e Beatriz Batarda, com as peças “Coriolano” e “Como Queiram”, respetivamente. “Coriolano”, é considerada a obra mais política de Shakespeare; peça aclamada pelas suas admiráveis peculiaridades, foi escrita em 1607-8.. Tem como protagonista a personagem histórica Caio Márcio Coriolano, general romano, um exército de um homem só, a maior máquina de matar em toda a obra de Shakespeare. A peça retrata a ascensão e queda de Coriolano (interpretado por Albano Jerónimo com um elenco de luxo) um protagonista antipático que a genialidade de Shakespeare torna simpático a nossos olhos, Coriolano é sucessivamente o bravo guerreiro e o político relutante, o banido traidor à pátria e o regressado herói piedoso, que morre às mãos dos conspiradores, numa morte isenta de retórica e sentimentalismo. Um elenco de igual exceção integra a peça “Como Queiram”, encenada por Beatriz Batarda. Uma comédia romântica pastoral, “Como Queiram”, é a peça mais musical de todas as obras escritas por Shakespeare, entre 1599 e 1600. Nela se reconhece a evidente influência do conto Rosalinda: o legado dourado de Euphes de Thomas Lodge. Em “Como Queiram” temas recorrentes da escrita de Shakespeare como o amor à primeira vista ou o jogo da troca de identidades, criando equívocos e confusão que ampliam o ambiente cómico na “floresta de Arden”, onde pares românticos andam em busca de um final feliz e de um amor verdadeiro abençoado pela natureza. Porém, a vida dura na floresta reserva-lhes algumas surpresas…
William Shakespeare dá a Guimarães duas noites imperdíveis de bom teatro, com encenações exímias, com elencos de luxo. Duas noites de teatro de exceção que não pode perder, em Guimarães no CCVF. A tomar nota na agenda, a ir!  •

© Fotografia: Susana Paiva.