6 x Quinta de Lemos / Colheita de 2009

Por que não terminar a tarde com um brinde? Ou rematar cada um dos próximos dias com seis novos vinhos tintos: Dona Georgina, Dona Santana, Touriga Nacional, Jaen, Alfrocheiro e o Tinta Roriz. Todos da colheita de 2009 da Quinta de Lemos, da região do Dão.

Passemos às apresentações:
Dona Georgina 2009, de castas tintas, com predominância de Touriga Nacional ao lado da Tinta Roriz, que lhe acrescenta complexidade, elegância e estrutura ao conjunto, conferindo-lhe uma cor granada a um vinho cuja identidade é demarcada pelo caráter mineral e por fruta madura de ameixa, laranja e bergamota confitada, especiarias, e presença de aromas de mato e resinosas. O final é longo e concentrado.

Dona Santana 2009, com Touriga Nacional, Tinta Roriz e Jaen. Resultado: Um vinho perfumado, do qual sobressai a fruta madura doce e apelativa; guloso e cheio na boca com taninos bem medidos e arredondados pelos três anos que passou em garrafa. Tem um final aromático com especiarias doces.

Touriga Nacional 2009, feito a partir da casta autóctone portuguesa da região do Dão, o que lhe confere uma cor granada intenso, com frutos silvestres compotados e bergamota, pinhal e sucuroso, amplo, sedoso de final longo e sedutor.

Jaen 2009, um monocasta que permite obter um néctar de Baco de cor granada, com notas de frutos vermelhos, vegetais e resinosos. Fresco de corpo mediano, jovem com final longo e persistente.

Alfrocheiro 2009, casta que resulta num vinho rubi, com sabor a pequenos frutos vermelhos e floral de jasmim; macio e aveludado, onde a delicadeza dos taninos se encontram em equilíbrio com a acidez.

Tinta Roriz 2009, cuja casta confere aos vinhos um elevado potencial de envelhecimento. De cor concentrada com fruta madura e especiarias presentes no aroma, e corpo complexo de boa estrutura e grande longevidade.

Sobre a Quinta de Lemos, localizada no vale do Dão, recordamos que data de meados dos anos 1990′ pela mão de Celso de Lemos cujo sonho era criar vinhos exclusivos. Desejo concretizado, a quinta possui vinhos típicos da região desde 2005, graças aos 25 hectares de vinha, além das três mil oliveiras e de uma guesthouse, com o traço do atelier Carvalho Araújo e que integra o projeto do restaurante Mesa de Lemos, a abrir em breve com o chef Diogo Rocha. A experimentar… •

+ Quinta de Lemos

 

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.