“Há Tempo Para Tudo” / O Teatrão

Porque tem de existir tempo para o teatro, “Há Tempo Para Tudo” com O Teatrão, em Coimbra.

Às vezes o tempo prega-nos (boas) partidas e junta os que procuram e gostam de se encontrar“. É a 67.ª produção da companhia O Teatrão e que, pelo número que já exige respeito, a peça “Há Tempo Para Tudo” assume-se como um espetáculo de excecional importância. Demarca-se por ser a primeira produção que a Companhia, residente em Coimbra, dirige aos que começam agora a tomar consciência dos mistérios do mundo, ou seja, aos mais pequenos que têm entre três e seis anos (e suas famílias!): obrigatório levar a pequenada! Mas é, também, por outro lado, um espetáculo que alia algumas das mais importantes instituições de Coimbra e que têm aqui a oportunidade de aprofundar a sua relação e interligação. E não bastando ser uma coprodução com o Jardim Botânico da Universidade de Coimbra, tem ainda a particularidade de contar, na sua criação, com o valioso contributo dos alunos e professores do Curso Profissional de Jazz do Conservatório de Coimbra e do Curso de Teatro do Colégio de S. Teotónio. Ou seja, há que colocar na agenda tempo, para ter tempo para o teatro.

O Teatrão já colaborou, por diversas vezes, com estas entidades, mas é agora, no de 2014, que todas se reúnem para construir um espetáculo que vos irá falar de tempo(s). As quatro instituições trazem o melhor de si e propõem à cidade de Coimbra um olhar poético sobre o tempo e a nossa relação (tantas vezes atribulada) com ele. Uns, porque têm cursos profissionais de artes e porque é tempo de pôr os seus alunos a crescer artisticamente, lançando-lhes novos desafios; outro, porque, com os seus quase 250 anos de existência e com um entendimento muito particular do tempo (o das plantas, tão diferente do dos Homens), procura nestas parcerias uma forma de divulgar o seu trabalho; e outro, porque gosta de integrar nos seus espetáculos o conhecimento e a juventude que Coimbra tem em abundância.

“Há Tempo Para Tudo” não começa nem acaba, acontece e há tempo para acontecer porque o mesmo se passa na vida. Tudo acontece… Depende do tempo que estiver na altura! “Acontece como um ciclo, que pode ser em qualquer lugar da natureza mãe, onde uma árvore ao perder as suas folhas se transforma numa girafa ou onde uma flor desabrocha e se divide em quatro. Este espetáculo acontece no momento em que se nasce e morre ao mesmo tempo que se funde com outra vida. É um espetáculo sobre estações do ano e aquilo que elas nos provocam. É sobre a Mãe dessas quatro estações. É sobre o tempo das coisas. É sobre as voltas que o tempo dá. É sobre a memória das sensações das coisas. É sobre o tempo de brincar e sobre o tempo que faz quando se brinca“. Ao longo da temporada, em algumas das muitas sessões que O Teatrão organiza durante a semana e ao sábado, o público (pequeno e graúdo) irá ter o prazer de assistir ao espetáculo com música tocada ao vivo por alunos do Curso de Jazz do Conservatório (um luxo!). Além disso, haverá, aos sábados, o atelier “Ao Sabor do Tempo”, para Pais e Filhos também poderem brincar com a passagem do tempo e das Estações do Ano – prazer e saber tão bem aliados na arte.

Como já é habitual nos seus espetáculo para a Infância, O Teatrão propõe um preço especial de dez euros para Pais e Filhos. “Há Tempo Para Tudo”, com direção de Cláudia Carvalho e Jonathan Azevedo será na Sala de Ensaios da Ofina Municipal do Teatro (OMT), de 27 de novembro a 23 dezembro, de segunda a sexta-feira, às 10h00, 11h30, 14h00 e 15h30 (sessões para escolas) e aos sábado às 11h00 e 17h00 (sessões para público geral). Os preços são 10€ (normal e pais e filhos), 5€ (estudante e sénior), 4€ (grupos com mais de 10 pessoas) e Espetáculo + atelier: 15€ (pais e filhos).

A tomar nota, a ir!  •

+ O Teatrão / OMT
© Fotografia: Carlos Gomes.