Novembro n’A Escola da Noite / TCSB

A Escola da Noite tem, para este novembro, uma programação para o Teatro da Cerca de São Bernardo (TCSB) que abrange quase todas as áreas artísticas. Cinema, performance, dança, literatura, teatro, ilustração e muitos debates são razões de sobra para uma visita ao TCSB.

O programa do mês começa com a segunda sessão do Clube de Leitura Teatral, uma iniciativa conjunta d’A Escola da Noite e do TAGV que pretende fomentar o gosto pela dramaturgia, aberta ao público em geral e a toda a comunidade artística da cidade. O projecto tem a coordenação de Ricardo Correia e de António Augusto Barros e começou em Outubro. Conta com sessões mensais, realizadas alternadamente entre o TAGV e o TCSB. Desta vez, a peça escolhida é “A Máquina Tchékhov”, de Matéi Visniec (autor de “Da sensação de elasticidade quando se marcha sobre cadáveres”, que a companhia de Coimbra estreou no final do ano passado). A sessão ocorre a 3 de Novembro, terça-feira, pelas 18h30, e tem entrada livre.
Nesse mesmo dia, às 21h30, é projectado o documentário “É dreda ser angolano”, produzido pelo colectivo Fazuma. A iniciativa é da Rádio Universidade de Coimbra e inclui um debate após a exibição do filme, com Pedro Coquenão (Batida), José Eduardo Agualusa e Catarina Martins. A entrada é gratuita. Os destaques vão para:

© “Cabide”, pormenor do cartaz de divulgação

Cabide – A revista ao vivo / No primeiro fim-de-semana de novembro uma proposta peculiar: “Cabide – a revista ao vivo” acontece pela primeira vez fora de Lisboa e lança como mote para intervenções dos seus participantes a pergunta “Quanto custa a felicidade?”. Frederico Lourenço, António Olaio, Tiago Salazar, João Rodrigues e Nuno Teles, Rui Bebiano e Nuno Costa Santos são alguns dos intervenientes, numa programação que inclui performance, cinema, entrevista, debate, humor e muito mais.

Sábados para a infância / Prossegue a programação dos sábados para os mais pequenos, que semana a semana vai trazendo cada vez mais espectadores que podem experimentar ilustração (oficina “Desenhar a guerra”, com Ana Biscaia), dança (espectáculo-oficina “Ler a Odisseia para chegar a Ítaca”, com Leonor Barata, e “Wangari, la ninã árbol”, pela companhia espanhola Karlik Danza-Teatro) e, claro, deliciar-se com histórias lidas por Cláudia Sousa numa nova sessão de Flores de Livro.

Olhares sobre a adolescência e dança inclusiva / Nas três primeiras semanas do mês, às quartas-feiras, continua o ciclo de cinema comentado “Olhares sobre a adolescência”, organizado pela associação A Cores. O público poderá assistir aos filmes “A solidão dos números primos”, “Eu não sou a tua princesa” e “Um amor de juventude”. Todas as sessões incluem debate no final, com os comentários a cargo de convidados da organização. José Manuel Pinto (coordenador da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, psicólogo clínico e membro da Associação Portuguesa de Psicanálise e Psicoterapia Psicanalítica) e Sérgio Dias Branco (professor e investigador de Estudos Fílmicos da UC) abrem a conversa na primeira destas sessões, já no dia 4.

© Karlik

A Canoa / O mais recente espectáculo d’A Escola da Noite volta ao TCSB, para três sessões: “A Canoa”, de Cándido Pazó. O espectáculo aborda o tema da violência doméstica e cumprirá ainda mais uma temporada para o público escolar ao longo dessa semana: entre 24 e 27 de Novembro (terça a sexta-feira) haverá sessões às 11h00 e às 15h00, para as quais os grupos escolares interessados podem efectuar marcações. Programa:

04/11, 21h30 – Cinema – “A solidão dos números primos”, de Saverio Costanzo; Drama > M/16 > Alemanha, Itália, França, 2010 > Cores, 118′ . Filme seguido de debate com José Manuel Pinto e Sérgio Dias Branco
06 e 07/11, 18h253 15h30, respectivamente – Cinema, Performance, Entrevista, Crónica, Humor, debate – “Cabide”, A Revista ao Vivo. N.º 3 “Quanto custa a felicidade”. Coordenação de João Pombeiro e Luis Alegre com as colaborações de António Olaio, Frederico Lourenço, João Quadros, João Rodrigues, José Luis Pio Abreu,
Nuno Costa Santos, Nuno Teles, Pedro Mexia, Rui Bebiano, Tiago Salazar e Valério Romão.
07/11, 10h30-12h30 e 13h30-15h30 – Oficina – Desenhar a guerra a partir do livro “Que luz estarias a ler?”, com Ana Biscaia.
11/11, 21h30 – Cinema – “Eu não sou a tua princesa”, de Eva Ionesco; Drama > M/12 > França, 2011 > Cores > 105′ . Momento seguido de debate com Paula Carriço e Deolindo Pessoa
12/11, 21h30 – Dança inclusiva – UNIDÁ Estúdio Flic-Flac / APPACDM.
14/11, 11h00 – Espetáculo Oficina – “Ler a Odisseia para chegar a Ítaca”, Leonor Barata.
18/11, 21h30 – Cinema – “Um amor de juventude”, de Mia Hansen-Løve; Drama, Romance > M/12 > França, Alemanha, 2011 > Cores > 110′ . Sseguido de debate com Conceição Melo Almeida e Désirée Pedro.
21/11, 11h00 – Dança – “Wangari, la niña árbol Karlik Danza” – Teatro (Espanha).
27/11 a 29/11, sexta-feira e Sábado 21h30, domindo 16h00 – Teatro – “A Canoa”, pel’A Escola da Noite.
28/11, 11h00 – Leitura de contos para a infância. ”Flores de Livro”, por Cláudia Sousa.

A tomar nota. A ir, em Coimbra. •

+ TCSB
+ A Escola da Noite
© Fotografia de destaque: “A Canoa”.

Partilhe com os seus amigos:

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.