Em concerto(s): Orquestra Jazz de Matosinhos

A Orquestra Jazz de Matosinhos (imparável) & Kurt Rosenwinkel rumam para a Áustria para atuar no Konzerthaus de Viena.

O ano de 2016 começa da melhor forma para a Orquestra Jazz de Matosinhos (OJM) que se estreia na prestigiada Konzerthaus de Viena, na próxima sexta-feira, dia 29 de Janeiro ao lado de Kurt Rosenwinkel. Oito anos depois da primeira colaboração com o guitarrista norte-americano, que resultou na edição conjunta de “Our Secret World” (2010), e numa digressão pelos E.U.A. e Portugal, a Orquestra Jazz de Matosinhos e Kurt Rosenwinkel voltam a encontrar-se em palco para apresentarem um espectáculo que conta com novos arranjos da autoria de Carlos Azevedo, Pedro Guedes e Ohad Talmor.

Recentemente apresentado no Voll-Damm Festival Internacional de Jazz em Barcelona e na Casa da Música no Porto, este espetáculo mostra a cumplicidade da Big Band portuguesa com o guitarrista que é considerado uma das mais sólidas referências do jazz moderno e, em particular, da guitarra jazz contemporânea. Uma aliança consolidada e perfeita. Com base em Matosinhos, mas com um percurso notável e ímpar internacionalmente, a OJM, provando que fora das capitais também se criam sucessos, continua a apostar na divulgação da sua música em todo o mundo. O ano de 2016 começa em grande, em Viena, seguindo-se Nova Iorque, Belgrado e Barcelona. Quem estiver por estas cidades… é a não perder e a quem estiver por cá, aqui ficam datas para tomar nota:
13/02 – OJM & Mayra Andrade, Theatro Circo, Braga.
20/02 – OJM & João Mortágua, Cine-Teatro Constantino Nery, Matosinhos.

A ouvir, a ir. Bons concertos. •

+ OJM

Partilhe com os amigos:

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.