Santarém, palco da gastronomia portuguesa / Festival Nacional de Gastronomia

A 37ª edição do mais antigo festival de gastronomia do país está a chegar e, em 2017, tem como principal ator “o pão de cada dia”. Durante 11 dias “Descubra Santarém enquanto prova Portugal”, é o lema da organização.

De 19 a 29 de outubro a viagem pelos mais variados sabores do país passa pelas 12 tasquinhas tradicionais, quatro tasquinhas de petiscos, uma mostra de doçaria conventual e um mercado de produtos típicos que chega de todo o país para adocicar ou apimentar a boca dos visitantes.

“o pão de cada dia”

Santarém, Lamego, Madeira, Vila Nova de Gaia e Freguesia de Avintes, Bragança, Açores, Vidigueira, Loulé, Mafra, Seia e Almeirim trazem a lume uma enorme multiplicidade de pães, desde os mais tradicionais aos mais inovadores e produtos derivados do pão e de diferentes utilizações, dando a provar o que melhor existe no país. Degustações enogastronómicas, demonstrações de cozinha, workshops, cursos de vinho e provas complementam as atividades que os visitantes poderão encontrar.

Lucky 13

Uma das iniciativas que se repetirá em 2017, pelo terceiro ano consecutivo, é o Lucky 13, um restaurante pop-up, onde durante oito noites se realizarão encontros de 16 chefs – de Santarém e forasteiros – e o convidado especial para este ano é o chef David Costa que, em conjunto com a sua mulher, a pasteleira Jéssica Carreira, tem o restaurante Adega, na Califórnia tendo conquistado, em 2016, a primeira estrela Michelin no guia americano. Esta ação procura os valores para o futuro da cozinha do país onde os cozinheiros proporcionarão oito experiências gastronómicas distintas com jantares temáticos para um máximo de 50 pessoas. O desafio é manter a matriz do Festival Nacional de Gastronomia de Santarém, ou seja, fazer ponte entre a tradição e os novos caminhos do receituário português. Os jantares no Lucky 13 estão sujeitos a marcação e têm o valor de €35 por pessoa (bebidas incluídas).

Final Nacional do concurso Jovem Talento da Gastronomia

A aposta nos jovens também se mantém e, nos dias 24 e 25 de outubro, o evento volta a acolher a Final Nacional do concurso Jovem Talento da Gastronomia, com 42 finalistas a disputarem o primeiro lugar em sete categorias. No dia 25, celebra-se o Dia do Estudante de Gastronomia e realiza-se o fórum “Que Gastronomia para o Futuro de Portugal”. Para o público ainda mais jovem o Festival Nacional de Gastronomia volta a apostar numa Área Didática/Espaço Júnior, em parceria com a Escola Superior de Educação de Santarém e a Santa Casa da Misericórdia de Santarém, e que consiste num espaço dedicado ao acolhimento e entretenimento de crianças entre os três e os dez anos.

As entradas diárias no evento têm o valor de €2 podem ser adquiridas no Complexo Aquático de Santarém, no Posto de Turismo ou à entrada do Festival.
 As portas estarão abertas de segunda a quinta-feira entre as 12 e as 00 horas e, às sextas-feiras e sábados, entre as 12 e a 03 horas. No último dia encerram às 16 horas. O local do evento é na Casa do Campino, no Campo Emílio Infante da Câmara, em Santarém.

O Festival Nacional de Gastronomia de Santarém é organizado pela Viver Santarém e conta com a parceria da Câmara Municipal de Santarém, com a Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, Associação de Municípios Portugueses do Vinho e a chancela da Secretaria de Estado da Agricultura e Alimentação.

+ Festival Nacional de Gastronomia
+ Lucky 13
© Fotografia: João Pedro Rato

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.