Jorge Palma no TMJB

Cantautor que escusa quaisquer apresentações, Jorge Palma continua a celebrar os 45 anos de carreira a preceito, nos palcos. Agora, é tempo de rumar ao Teatro Municipal Joaquim Benite (TMJB), em Almada, para um concerto em que mistura grandes êxitos com as suas mais recentes criações.

Está previsto, para breve, o lançamento de um novo álbum de originais de Jorge Palma. É possível que do alinhamento do concerto em Almada, entre clássico que já sabemos de trás para a frente, já façam parte alguns dos temas desse novo trabalho, como é o caso de “Amor digital”. Foi o que aconteceu, em boa verdade, no ciclo de seis inesquecíveis concertos a solo (piano e voz) com que o músico esgotou recentemente a lotação de salas como o Grande Auditório do Centro Cultural de Belém, disposto a celebrar os 25 anos da edição de “Só”, incluído na lista dos 30 melhores álbuns portugueses que a revista Blitz elaborou em 2014. Neste concerto de Almada, não faltarão também os êxitos que muitos sabem cantar de cor. “Deixa-me rir”, “Frágil”, “A gente vai continuar” e “Encosta-te a mim” atravessam gerações e estão entre os temas mais emblemáticos do cantautor. Impossível não saber as letras…

Jorge Palma é compositor, poeta, intérprete e pianista. Terminou o Curso Superior de Piano em 1990 e editou, desde 1975, vários discos de originais, tendo atingido a marca da dupla platina com “Voo nocturno”. Venceu o Prémio José Afonso em 2002, o Globo de Ouro para Melhor Intérprete em 2008 e 2012, e o Prémio Pedro Osório da SPA pelo seu último disco de originais: Com todo o respeito (2011).

Dia 11 de novembro pelas 21h00, em Almada, rume ao Teatro Municipal Joaquim Benite. Imperdível. •

+ Jorge Palma

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.