Janeiro no TCSB

Ano Novo, novos horizontes no Teatro da Cerca de São Bernardo com um programa que vai querer colocar na sua agenda cultural, da zona centro. Na mira, a estreia de “Ménage à trois”, o primeiro espectáculo da recém-formada companhia italo-espanhola “Enanas de Lanas”, apresentado como o principal destaque da programação de janeiro do TCSB, em Coimbra. Ao mesmo tempo que continua em digressão com “Embarcação do Inferno” (se ainda não viu, não sabe o que perde), de Gil Vicente, A Escola da Noite acolhe ainda no espaço onde é companhia residente mais quatro “Sábados para a Infância”, com música, dança e histórias para pais e filhos.

Entre 18 e 25 de janeiro, A Escola da Noite tem o prazer de acolher no TCSB a fase final da preparação e a estreia do primeiro espectáculo de uma recém-nascida companhia de teatro italo-espanhola, a “Enanas de Lanas” (“Anãs de Lã”).
‘Ménage à trois’ cruza as linguagens do teatro de marionetas e da commedia dell’arte e propõe-nos uma reflexão poética ‘sobre a Morte e a variedade das relações humanas’. Depois de uma primeira fase do trabalho realizada em Itália, o grupo volta a reunir-se em Coimbra, numa residência artística que culmina com as duas apresentações públicas, para as quais já é possível reservar bilhete.
‘A Morte’ é a protagonista da peça, surgindo aqui com ‘uma dupla natureza’, adianta a companhia. Se por um lado, espera as suas vítimas como uma ‘sombra negra’, por outro é uma criatura pequena e ingénua, que só está à procura de alguma forma de vida, que sempre acaba por fazer desaparecer. ‘Por isso, a ‘nossa’ morte sofre de uma solidão imensa: tudo aquilo de que se aproxima é levado pela sua sombra’, pode ler-se na nota de apresentação do espectáculo.
Em ‘Ménage à trois’, ela entra na casa de um casal de idosos e acaba por ser seduzida pela mulher, Adelita, que tenta a todo o custo evitar a morte do seu velho marido Bruno. O espectáculo fala-nos desse ‘jogo’ a três e da forma como a Morte quase se esquece do trabalho que tinha a fazer.”

Apresentando-vos a companhia Enanas de lanas, esta nasceu em junho de 2017, uma jovem, portanto, graças ao encontro entre Daniele La Torre, músico e maestro, Paola Maria Cacace e Angela Dionisia Severino, actrizes e performers com formação em commedia dell’arte, e Pilar Pignalosa, cenógrafa, construtora e manipuladora de fantoches. O denominador comum “é a concepção da arte como ‘artesanato’, ou seja, como a construção de algo que antes não existia a partir de um material, de uma voz, de um tecido ou de uma música.” A residência artística em Coimbra acontece a partir de 18 de janeiro e as duas apresentações do espectáculo estão marcadas para os dias 24 e 25, sempre às 21h30.

Haverá A Escola da Noite sem os Sábados Para a Infância e o Clube de Leitura Teatral? Jamais. Eles sabem que são Escola e que é do berço que se aprende a amar, respeitar e valorizar a cultura, no seu todo. Assim, dois espectáculos de música para bebés (“O Mundo ao Colo”, pelo Taleguinho, a 06/01; “Malas e Fraldas”, pela Catrapum / Vânia Couto, a 20/01), a oficina de “Dança para pais e filhos” (de Leonor Barata, a 13/01), e a habitual sessão de “Flores de Livro – leitura de contos para a infância” (com Cláudia Sousa, a 27/01), são as quatro primeiras propostas do ano nos Sábados para a Infância no TCSB. Como vê, perfeito para ir em família.
No Clube de Leitura Teatral, cuja primeira sessão de 2018 está marcada para o TCSB a 09/01, o dramaturgo convidado desta vez é um amigo da casa e autor que o público d’A Escola da Noite conhece. Abel Neves – autor de “Além as estrelas são a nossa casa”, “Este Oeste Éden” ou “Nunca estive em Bagdad” – dirige a sessão, centrada numa selecção de fragmentos de várias das suas peças. As sessões preparatórias terão lugar na véspera (segunda-feira, 08/01, entre as 18h30 e as 21h30) e no próprio dia da leitura, a partir das 15h00). Os interessados em participar como leitores terão apenas, como é hábito, de se inscrever através do e-mail clube.leitura.teatral@gmail.com. A participação é gratuita e está aberta a qualquer pessoa.


© O Mundo ao Colo, DR

E como boa Embarcação que é, a do Inferno não pára. A Escola da Noite e o Cendrev dão continuidade, neste janeiro, à digressão nacional de “Embarcação do Inferno”. A co-produção que assinala os 500 anos da primeira apresentação e da primeira edição do mais conhecido texto vicentino assenta arraiais no Porto (Teatro Carlos Alberto, de 15 a 21/01) e passa também por Leiria (Teatro José Lúcio da Silva, 25 e 26/01). Em ambas as cidades haverá sessões para o público em geral e sessões especiais para escolas. No Porto terá ainda lugar uma nova edição da conferência “Gil Vicente no seu tempo e no nosso tempo”, por José Augusto Cardoso Bernardes (abrindo o programa, a 15/01), e a oficina para professores (no Sábado, dia 20/01). Não deixe de ir ao teatro…
Estreada em Outubro de 2016, “Embarcação do Inferno” ultrapassou já a marca das 100 récitas, somando e seguindo, apresentadas em mais de uma dezena de localidades nacionais. Para além do regresso a Coimbra e a Évora (previsto para novembro de 2018 e janeiro de 2019, respectivamente), o espectáculo prosseguirá o seu percurso pelas principais cidades e salas do país até 2020. Um trabalho de louvar, desta Escola, por terras lusas, levando o teatro vicentino (que lhes corre no ADN) a todo o lado.

Logo a seguir, e uma vez mais em época de folia de Carnaval, A Escola da Noite volta a apresentar em Coimbra uma outra produção vicentina (está-lhes no sangue, repetimos). Desta feita será “Auto dos Físicos”, espectáculo estreado em 2014, em co-produção com a Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos, no âmbito das comemorações dos 40 anos do Serviço Nacional de Saúde. A divertida comédia que nos relata os amores de um padre e as desastradas tentativas da medicina para o curar estará em cena no TCSB entre 07 e 17/02, com sessões para o público em geral e sessões para escolas, em horário diurno, para as quais também já é possível efectuar reserva, pelos contactos habituais. Imperdível.

E agora, tudo esquematizado para melhor arrumar a sua agenda:

06/01, 11h00 – MÚSICA – O Mundo ao Colo, Taleguinho. Sábados Para a Infância.
09/01, 18h30 – LEITURA – Peças de Abel Neves (fragmentos), texto e direcção de Abel Neves. Clube de Leitura Teatral – Coimbra.
13/01, 11h00 – DANÇA | OFICINA – Dança para pais e filhos, com Leonor Barata. Sábados Para a Infância.
20/01, 11h00 – MÚSICA – Malas e Fraldas, Catrapum / Vânia Couto. Sábados Para a Infância.
24 e 25/01, 21h30 – TEATRO DE MARIONETAS [ESTREIA] – Ménage à trois, Compagnia Enanas de Lanas (Itália).
27/01, 11h00 – LEITURA DE CONTOS PARA A INFÂNCIA – Flores de Livro, Cláudia Sousa. Sábados Para a Infância.
08/02 a 17/02, 21h30 (Quinta-feira a Sábado) – TEATRO –  “Auto dos Físicos” de Gil Vicente, pel’A Escola da Noite; Sessões para escolas:
de 07 a 16/02 (Quarta a Sexta-feira, 11h00 e 15h00).

Para que andar de olho na digressão da “Embarcação do Inferno”, estes são os dias e palcos:
Teatro Carlos Alberto, Porto.
15/01, 21h00 – Conferência “Gil Vicente no seu tempo e no nosso tempo”, por José Augusto Cardoso Bernardes.
17 a 21/01 – “Embarcação do Inferno” (Quarta a sexta-feira, 21h00; Sábado, 19h00; Domingo, 16h00).
18 e 19/01 – Sessões para escolas de (quinta e sexta-feira, 15h00).
20/01, 11h00-13h00 / 14h30-17h30 – Oficina para professores.
Para mais informações e reservas: 223 401 951 / relacoespublicas@tnsj.pt.

Teatro José Lúcio da Silva, Leiria.
25/01 – Sessões para escolas (quinta-feira, 10h30 e 14h30).
26/01, 21h30 – “Embarcação do Inferno”.

A tomar nota. A ir! •

+ TCSB
© Fotografia de destaque: Ménage à trois, Compagnia Enanas de Lanas, DR.

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.