Flora by DAM

Comecemos esta quarta-feira a reorganizar o nosso espaço interior com novo design nacional. As mesas Flora, pela portuguesa DAM marcam o regresso à natureza, com a tendência que aquece a alma.

Ao contar histórias e transmitir emoções, as peças da DAM – que já marcaram presença, por mais do que uma vez no universo Mutante – baseiam-se no uso de materiais naturais e ecológicos, transportando a ideia de natureza para os interiores. As novas mesas de apoio Flora destacam-se pela sua singularidade e podem ser integradas em qualquer espaço, criando um ambiente simples e claramente moderno. A base das mesas de apoio é produzida em aglomerado de cortiça negra 100% natural, fazendo referência à textura e à cor da terra – um material que já estamos habituados a ver a DAM a utilizar com arte. A madeira complementa a cortiça e reforça a ideia das folhas de uma planta. Juntos, estes dois materiais formam um contraste bem equilibrado.

Desenhadas por Hugo Silva e Joana Santos, as mesas Flora estão disponíveis com tampo em folha de carvalho ou nogueira e base em aglomerado de cortiça negra 100% natural. No que respeita a dimensões: Flora pequena e baixa tem A35 x Ø40 cm; Flora pequena e alta tem A48 x Ø40 cm; Flora larga e baixa tem A30 x Ø65 cm; Flora larga e alta tem A38 x Ø65 cm. Estas mesas versáteis combinam materiais naturais com quatro tamanhos e seis cores diferentes e podem ser usadas separadamente ou em conjunto.

Quanto ao material usado, a cortiça, é um dos materiais predominantes nos produtos da DAM – o aglomerado de cortiça negra – que se distingue do ponto de vista ambiental. Este material é leve e antiderrapante. Com uma durabilidade praticamente ilimitada, o aglomerado de cortiça mantém todas as suas características ao longo da sua vida útil. Além disso, possui um alto desempenho em termos de isolamento térmico e acústico. É resistente à abrasão e ao impacto sendo também retardante de chamas. Recolhida a cada nove anos a partir do sobreiro, sem corte neste processo, a cortiça é 100% vegetal, biodegradável e reciclável. O sobreiro é a única árvore cuja casca se regenera e pode ser recolhida cerca de 17 vezes ao longo dos seus 200 anos, pelo que extrair cortiça não representa qualquer dano para o ambiente.

Deixe-se inspirar por materiais naturais e novas formas geométricas. Deixe-se levar pelo design nacional eco-friendly. •

DAM

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.