p.s. CARMEN / TMJB

O Teatro Municipal Joaquim Benite (TMJB) reabre a temporada de espectáculos com dança contemporânea: “p.s. CARMEN”. Idealizado pela Companhia de Dança de Almada, com criação coreográfica de Margarida Belo Costa, esta promete ser uma bela maneira de dar as boas-vindas ao Outono.

A nova criação da Companhia de Dança de Almada, a estrear no âmbito da 26.ª Quinzena de Dança de Almada, encontra inspiração em “Carmen”, uma das mais célebres óperas de Bizet (1838-1875) e uma das que mais escandalizou a opinião pública da época, ao representar em palco caracteres provenientes das camadas menos favorecidas da sociedade: ciganos, contrabandistas e operários fabris. “p. s. CARMEN” é uma peça de “dança contemporânea que, acompanhando a par e passo o enredo da ópera, propõe uma visão centrada na figura da protagonista“: “um corpo feminino vítima da sua beleza hipnotizante”, “uma fêmea que não esconde os seus instintos, que captura as suas presas, mas que também é seduzida no engano, sofrendo o reverso da medalha“. Carmen, José e Micaëla são, com efeito, os vértices de um triângulo amoroso que expõe de forma singular, como poucos, os conceitos de amor, paixão e obsessão.

Margarida Belo Costa, coreógrafa, iniciou o seu percurso na Escola Vocacional de Dança das Caldas da Rainha. Diplomada pela Royal Academy of Dance, ingressou em 2004 no Grupo Experimental de Dança. Em 2012 concluiu a licenciatura na Escola Superior de Dança e o 1.º ano do Mestrado Profissionalizante em Educação. A par da sua actividade como criadora, já trabalhou com o Quorum Ballet, o Teatro Mosca, o Teatro Meridional e com António Cabrita e São Castro. Actualmente integra a Companhia de Dança de Évora e é professora em várias escolas de dança em Lisboa.

Para colocar na agenda, são estes os dias para ir ao TMJB, em Almada:
21/09, Sexta-feira, pelas 21h30.
22/09, Sábado, pelas 21h30.

A tomar nota. A ir. •

+ TMJB
© Imagem: DR.

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.