RESTAURANTES, TABLE 0

Avista[-se] o Atlântico, saboreie[-se] as cozinhas mediterrânica e asiática

Espaço eclético no que à gastronomia diz respeito e dotado de uma panorâmica singular sobre o Atlântico, este novo spot do Funchal prima, ainda, pela delicadeza na decoração e pelos recantos, ao ar livre, carregados de romantismo.

A sala envidraçada do Avista Restaurant & Lounges partilha a panorâmica das 23 suites do Les Suites at The Cliff Bay


Avista. O nome atribuído ao novo restaurante do recém-inaugurado Les Suites at The Cliff Bay – o boutique hotel de cinco estrelas, vizinho do The Cliff Bay, ambos pertencentes ao grupo PortoBay – assenta como uma luva. A vista deslumbrante sobre o imenso azul do oceano e a localização no n.º 145 da Estrada Monumental, no Funchal, mais concretamente no promontório, junto à baía dos Piratas, são atributos a considerar neste espaço de restauração instalado numa casa colonial do início do século XX. A traça centenária foi respeitada ao milímetro.


O lounge, contíguo ao enorme terraço, é privilegiado pela vista do magnífico jardim deste espaço de restauração


Entremos. O bar de cocktails, em tons neutros e sob o tecto com um pormenor trabalhado é, apenas, o começo de uma longa epopeia de sabores. Há os clássicos e os de autor, entre outras bebidas a conhecer. A criatividade e sabedoria está nas mãos – e no palato – do barman Eusébio Silva. 

A zona de lounge estende-se ao terraço, no exterior, sobranceiro ao mar, onde o gradeamento dissimula, suavemente, as ondas do Atlântico. Aqui, os recantos com lareira prezam o ambiente acolhedor e romântico, e os pequenos jardins, pejados de plantas exóticas comuns na ilha da Madeira, fomentam a privacidade. O cenário propício para o famoso chá da tarde a personalizar a gosto e com sugestões imperdíveis, a tomar, também, na sala do restaurante.

Os petiscos são, também, outra opção a considerar. Servidos das 12h00 às 22h00, nos lounges do Avista, promovem a partilha a dois e com os amigos e a lista é bastante sugestiva, com as lapas na frigideira, as tábuas de queijos e as tábuas de enchidos, as saladas, as tostas, entre outras propostas a não descurar. E sem esquecer as petites gourmandises, inspiradas na pastelaria francesa confeccionados a rigor e sob a orientação de Benoît Sinthon. Aliás, é o chef do Il Gallo d’Oro, o restaurante do The Cliff Bay, com duas estrelas Michelin, quem supervisiona as cozinhas de João Luz e Luísa Castro, nas quais não faltam as opções vegetarianas.


A brasa do Josper de João Luz


A tábua de queijos e enchidos é uma das sugestões da carta de partilha, para acompanhar com um copo de vinho


Entremos, desta feita, na sala envidraçada do Avista situada no piso térreo da ala nova acrescentada à casa colonial e encaixada na perfeição na paisagem. A panorâmica, de cortar a respiração merece, uma vez mais, destaque. Os tons azuis comungam com a tonalidade das águas do mar e são complementados pelo painel de azulejaria da artista Meinke Flesseman, conferindo um ambiente sofisticado, especialmente, à noite, quando as luzes ténues concedem um ambiente mais intimista a este espaço. 


O peixe da lota e os legumes da horta são grelhados a preceito na cozinha do chef João Luz


Além do pequeno-almoço, para os hóspedes do Les Suites at The Cliff Bay, o restaurante está de portas abertas durante todo o dia. Ao almoço (das 12h00 às 14h30) e ao jantar (das 19h00 às 22h00), o chef João Luz mostra quão descontraída é a sua cozinha através da comida de conforto o estilo mediterrânico firmada, sobretudo, nos grelhados. Assim, os legumes provenientes da horta PortoBay, o peixe das águas da Madeira, o marisco e os cortes de carne são preparados a preceito pelo jovem chef no Josper.

A garrafeira, por sua vez, está nas mãos do escanção Roberto Drummond, que escolheu, a par de Sérgio Marques – escanção do Il Gallo d’Oro –, as referências nacionais e produzidas fora de portas, para a carta de vinhos.


A chef Luísa Castro e a cozinha raw food


A fotografia de Henrique Seruca não passa despercebida aos clientes do Asiático, o restaurante instalado no piso superior do Avista


No piso superior, onde o branco predomina e o célebre painel da autoria do fotógrafo Henrique Seruca, está a cozinha baseada na gastronomia asiática. Esta está sob a batuta de Luísa Castro, chef detentora da certificação atribuída pelo World Sushi Skills Institute em colaboração com o All Japan Sushi Association – a única associação de suchi certificada pelo Governo japonês – e que, desde junho de 2017, está no The Ciff Bay. 


A delicadeza da cozinha de Luísa Castro é visível em cada prato que apresenta à mesa


Aqui o peixe é rei e, apesar de se estar numa ilha, há que respeitar a sazonalidade deste produto. Luísa Castro fá-lo. “Não é muito fácil encontrar muita variedade”, confessa, além de que “é preciso saber trabalhá-lo bem”. A segurança alimentar é o requisito cimeiro do seu trabalho diário. “É preciso ter muito cuidado e é crucial conhecer o produto”, reforça, “e há muito produto que temos de ir buscar fora, como o wasabi, o gengibre, as algas…”, à excepção, por exemplo, do que é colhido na horta PortoBay.  


As peças de niguiri e de gunkan desafiam, diariamente, a criatividade da chef portuguesa


Já o conceito da sua cozinha baseia-se na partilha, na troca de pratos. “É criativa e o empratamento é sempre diferente”, diz-nos Luísa Castro. É, também, delicada e plena de sabores, dizemos nós. Talvez seja esta a razão pela qual há, ao almoço, três menus: o Expresso, O Tal e Kisetsugoto. Cada um está perfeitamente adequado ao tempo que os clientes dispõem para o almoço. Ao jantar, a carta apresenta-se mais elaborada e sugestões imperdíveis havendo, ainda, a possibilidade de fazer o alinhamento de pratos como se de um menu de degustação se tratasse.

A descobrir de Quarta-feira a Domingo também no terraço deste espaço, o qual se estende à parte superior das sala do restaurante Avista, estando este aberto apenas a partir das 17h00, com a finalidade de cumprir o respeito pela privacidade dos hóspedes do Les Suites at The Cliff Bay.


Termine as refeições ou acompanhe o chá da tarde com as petites gourmandises inspiradas na pastelaria francesa


Em suma, o Avista é um espaço amplo e versátil, seja na decoração, seja na gastronomia havendo, aqui, o melhor de muitos mundos.

A ir! Bom apetite!


+ Avista Restaurant & Lounges
© Fotografia: João Pedro Rato

(A Mutante agradece à TAP o apoio a esta viagem à ilha da Madeira)

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.

You Might Also Like

No Comments

Leave a reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.