Paladares de Inverno pelo chef João Espírito Santo / Bistrô4

A sazonalidade é um dos chavões da cozinha do chef madeirense que, até o tempo o ditar, confecciona pratos aconchegantes, para rimar com os dias frios da estação, no restaurante do PortoBay Liberdade, em Lisboa. Eis o Menu da Época.


Há cinco anos na capital portuguesa, para onde mudou com a função de chef do Bistrô4, o espaço de restauração do PortoBay Liberdade, instalado num edifício do início do século XX e projectado pelo arquitecto Francisco Valsassina, o chef João Espírito Santo fala sobre a sua cozinha de proximidade com o produtor e revela: “gosto do produto pouco trabalhado.” E isso vê-se e sente-se em cada garfada neste Menu da Época.

Ravioli de cogumelos e foie gras, Creme de abóbora com castanhas e Tarte tartin de pêra são as três sugestões de entrada desta ementa a puxar para a comida de conforto que tanto apetece no Inverno e com a terceira a merecer protagonismo se de uma sobremesa se tratasse, pelo contraste genial da pêra cozida e da lima com o queijo azul servido no topo.

Filete de robalo com manteiga de crustáceos, gnocchi de migas de tomate e creme de brócolos com caril é um dos pratos que denota a consistência da equipa de cozinha do Bistrô4, à qual o chef João Espírito Santo atribui mérito pelo dedicação e a criatividade diárias demonstradas. “Tenho a sorte de ter uma grande equipa”, reforça.


O clássico e saboroso Lombo de veado grand veneur “marcado com cacau” e servido com massa spaeztle, couve lombarda e cogumelos giroles também faz parte deste Menu de Época, sendo esta a primeira vez que um prato de caça entra na lista deste restaurante rendido à bistronomia.

O Risoto de camarão com pesto, choco e tomate confitado é outra das propostas a experimentar, não apenas pela cozedura do arroz –s e dos demais produtos – estar no ponto, mas também pela combinação de sabores.


O Pudim de castanhas com Vinho do Porto e o Cheesecacke com pêra e especiarias ficam para o fim. Qual dos dois é o melhor? É ir e provar, seja o Menu da Época, seja o Menu Executivo – por entrada, prato principal, sobremesa e café (€24) – e os Petiscos com direito a sugestões do dia e confeccionados a partir de produtos da época. A escolha pende entre a elegante sala dos Bistrô4 ou na esplanada contígua, pelo seu painel de azulejos da autoria da artista plástica Joana Rêgo e recomendada nos dias soalheiros.

Bom apetite!


+ Bistrô4

© Fotografia: João Pedro Rato

Legenda da foto de entrada: O filete de robalo com manteiga de crustáceos é um dos pratos que comprova a base clássica da cozinha deste bistrô


Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.