O chef Carlos de Albuquerque faz-lhe companhia em casa / Esporão

“Aprenda a fazer pão”, “Dicas gastronómicas e receitas do chef” e “Desperdícios zero na cozinha”. Eis os três workshops a ser transmitidos, ao longo de duas semanas, na página de Instagram do Esporão. São 30 minutos de aprendizagem para pôr em prática em casa.

“O facto de não podermos exercer a nossa atividade normal diária, fez com que criássemos uma forma de continuarmos próximos com os nossos clientes.” A explicação sobre esta acção protagonizada pelo chef de cozinha do Restaurante da Herdade do Esporão, em Reguengos de Monsaraz, no distrito de Évora que, hoje e nos dias 2 e 9 de Abril, a partir das 21h00, e através do Instagram do Esporão, transmite em directo cada um dos workshops.

Esta noite, o chef Carlos de Albuquerque ensina a fazer pão. A receita é desenvolvida pelo próprio e o produto é feito com “diversas farinhas de trigo e de centeio” de Paulino Horta, produtor daquela matéria-prima, em Alenquer. Quanto a segredos, aconselha “Perseverança e boas farinhas. Sem perseverança nunca conseguiremos fazer bom pão, porque temos de falhar muitas vezes até acertar. Sem boas farinhas não se consegue fazer sourdough (fermento)”, esclarece o chef português que aprendeu aprendeu a fazer pão na Gleba, no Esporão e no restaurante londrino Clove Clube.

“Dicas gastronómicas e receitas do chef” é o título do segundo workshop agendado para o dia 2 de Abril, à mesma hora. “O objectivo é dar ideias às pessoas do que podem fazer em casa com aquilo que têm e mostrar que é possível fazer pratos deliciosos sem complicar e sem gastar muito tempo nem dinheiro.” As receitas são “inspiradas inspiradas na gastronomia tradicional mas com um toque nosso – meu e da minha equipa”.

Sobre o último workshop, sobre o “Desperdícios zero na cozinha”, um dos requisitos do Restaurante Herdade do Esporão, a ter lugar no dia 9 de Abril, às 21 horas, o chef Carlos de Albuquerque recomenda o reaproveitamento em detrimento da reciclagem. “Tentem nunca deitar nada fora. Pensem em formas de reutilizar o mais possível, seja comida ou embalagens. Temos de deixar de pensar que a reciclagem é uma solução, pois estamos apenas a passar o problema para outros. O ideal é mesmo reaproveitar. Reciclar, só em último caso. Se nos mentalizarmos disto, automaticamente começamos a pensar em soluções para evitar o desperdício.” 

Para aceder, basta ir à página do Instagram do Esporão à hora marcada e clicar na foto de perfil com a indicação “em directo”, podendo deixar perguntas e comentários aos colaboradores em cada sessão. Afinal, o saber não ocupa lugar!

Quanto ao chef, Carlos de Albuquerque começou a demonstrar os seus dotes culinárias aos oito anos. “Por estar muito tempo sozinho em casa e o meu pai chegar tarde, ganhei o gosto de fazer os meus próprios cozinhados”, um privilégio que permanece na actualidade, desta feita, na cozinha do Restaurante Herdade do Esporão, tendo passado por outro espaços de restauração, a respeito dos quais enaltece a sua passagem pelo Assinatura, com o chef Henrique Mouro, “uma das pessoas que mais me influenciou na cozinha”, pelo Clove Club e, mais recentemente, o Blue Hill at Stone Barns, em Nova Iorque, nos Estados Unidos.




+ Esporão

© Fotografia gentilmente cedida pelo Esporão


Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.