CLAV Live Session / Guimarães

As CLAV Live Session estão de regresso ao seu espaço nativo para a apresentação de mais seis concertos nesta segunda temporada de 2021 que irá decorrer até ao final do ano.

A segunda temporada das CLAV Live Session teve início com dois concertos ao ar livre, abertos ao público, com lotação de 800 espectadores, no âmbito do Anima-te 2021 em V.N. de Famalicão. Após este regresso em grande, regressam em outubro ao seu território nativo em Guimarães.

“Aldeias da Memória Coletiva” é o mote para estas próximas seis edições. Trata-se de um projeto da CAISA – Cooperativa de Artes, Intervenção Social e Animação C.R.L., que as CLAV Live Sessions abraçam para a promoção do território constituído por seis aldeias que se congregam em duas Uniões de Freguesias: a primeira Airão S. João, Airão Santa Maria e Vermil e a segunda Oleiros, Leitões e Figueiredo. Este projeto irá utilizar o património imaterial e material do território, bem como o património ambiental como facilitador de mudanças sociais, culturais, educacionais e económicas, fomentando ainda mais o sentido de comunidade, promovendo ainda a sustentabilidade social, ambiental, cultural e económica.

Para isso o CLAV – Centro e Laboratório Artístico de Vermil desenvolveu para esta fase da segunda temporada de 2021 das CLAV Live Session uma estratégia que tem como objetivo dar a conhecer, através dos produtos resultantes das CLAV, a riqueza material e imaterial que este território contém.

As CLAV Live Session, conjuntamente com os artistas programados, irão dar a conhecer ao mundo um território natural com uma biodiversidade incrível, uma gastronomia sustentável, o património imaterial e edificado, através de três produtos, o Concerto, uma entrevista e um podcast. As CLAV Live Session já se tornaram numa referência a nível nacional na programação e promoção da música em Portugal. Já ficaram na história da música como sendo o único projecto em Portugal que não parou em tempo de pandemia, sendo ainda considerado o pioneiro na programação de concertos em formato misto (com público e transmissão on-line). É ainda um projeto descentralizado e muito longe dos grandes centros numa tentativa de fazer algumas correcções de assimetrias, sejam elas culturais, sociais ou económicas.

Para a finalização da segunda temporada de 2021, a promotora das CLAV Live Session, a CAISA – Cooperativa de Artes, Intervenção Social e Animação irá produzir um DVD com os melhores momentos de 2021 em que o objetivo é ficar com um registo físico destes momentos e também um registo de promoção para todos os projetos artísticos que passaram pelo CLAV este ano.

Programa outubro-dezembro 2021:
15/10, 21h30 / The Partisan Seed  
CLAV em Vermil  – Guimarães
Lotação 15 pessoas e por marcação prévia.

29/10, 21h30/ Time For T
CLAV em Vermil  – Guimarães
Lotação 15 pessoas e por marcação prévia.

12/11, 21h30 / O Gajo 
CLAV em Vermil  – Guimarães
Lotação 15 pessoas e por marcação prévia.

26/11, 21h30 / Daniel Catarino
CLAV em Vermil  – Guimarães
Lotação 15 pessoas e por marcação prévia.

10/12, 21h30 / Filho da Mãe 
CLAV em Vermil  – Guimarães
Lotação 15 pessoas e por marcação prévia.

17/12, 21h30 / Fosco
CLAV em Vermil  – Guimarães
Lotação 15 pessoas e por marcação prévia.

A tomar nota. A ir ou a ver mais tarde na versão podcast.
Um projecto a continuar a seguir de perto – CLAV Live Sessions – por uma cultura que continua a crescer, e se mantém firme, fora dos grandes centros urbanos. •

+ CLAV Live Session

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.