Teatro de São Tomé e Príncipe no TCSB

Depois de um verão onde finalmente se regressou a uma normalidade aproximada dos tempos pré-pandémicos, é tempo de retomarmos as nossas rotinas culturais com inícios de temporadas e programações nos Teatros, e não só. De Coimbra, chega-nos a agenda do Teatro da Cerca de São Bernardo (TCSB)… um habitué Mutante.

O exercício-espectáculo “Tchiloli, uma tragédia actual”, construído em São Tomé e Príncipe no âmbito de um projecto internacional, abre a temporada 2022/2023 do Teatro da Cerca de São Bernardo, em Coimbra. Ainda no mês de setembro, A Escola da Noite estreia a sua nova criação: “Aqui, onde acaba a estrada”, com texto e encenação de Igor Lebreaud.

“Tchiloli, uma tragédia actual” é o título do exercício-espectáculo construído em São Tomé e Príncipe no âmbito de um laboratório teatral dirigido pelo encenador Andrzej Kowalski. Trata-se de uma produção do Centro de Intercâmbio Teatral de São Tomé, integrada no projecto RECITE – Rede de Centros de Intercâmbio Teatral nos países de língua portuguesa.
Embalados pelos ritmos da tragédia do Tchiloli, oito jovens actores debatem as dificuldades que enfrentam nas suas próprias vidas. Perante a consciência da falta de oportunidades na sua terra natal e a ideia de que é “lá fora” que se consegue obter melhores condições de vida, torna-se inevitável a discussão: construir uma casa ou fazer um barco? Onde perseguir os sonhos? Como evitar a rendição?
Com um texto criado colectivamente no grupo de trabalho a partir de improvisações dos actores, “Tchiloli, uma tragédia actual” estreou na cidade de São Tomé em julho de 2022, cumpriu uma digressão por outras três localidades são-tomenses e chega agora a Portugal, onde, para além de Coimbra, será apresentado em Évora (10 de setembro), Faro (16 de setembro) e Leiria (18 de setembro). Para o Teatro da Cerca de São Bernardo estão agendadas três sessões, de 02 a 04 de setembro – sexta-feira, às 19h00; sábado, às 21h30; domingo, às 16h00.
O projecto RECITE, que decorre entre janeiro de 2022 e junho de 2024, é uma parceria entre o Ministério do Turismo e Cultura de São Tomé e Príncipe e a AEGUI – Associação de Escritores da Guiné-Bissau, com o apoio da Cena Lusófona. É um projecto apoiado pela PROCULTURA, acção do programa PALOP-TL e UE, financiada pela União Europeia, co-financiada e gerida pelo Camões, I.P.

A Escola da Noite prepara actualmente a estreia da sua nova criação, agendada para 22 de setembro. “Aqui, onde acaba a estrada”, com texto e encenação de Igor Lebreaud, aborda o tema das grandes migrações forçadas. “Uma família, que há gerações foge da guerra, chega, por fim, ao local onde a estrada termina. Aí ergue-se o Portão, para lá do qual se encontra a promessa de um mundo melhor. Para poderem entrar, contudo, terão de renunciar à língua que falam, às roupas que trazem e à caixa que, durante anos, arrastaram pelo mundo.”
O espectáculo tem cenografia de João Mendes Ribeiro, figurinos e adereços de Ana Rosa Assunção, desenho de luz de Danilo Pinto, sonoplastia de Zé Diogo e interpretação de Ana Teresa Santos, Hugo Inácio, Margarida Dias, Miguel Magalhães e Ricardo Kalash. Cumprirá uma temporada de quatro semanas, entre 22 de setembro e 16 de outubro, com sessões às quintas e sextas-feiras (19h00), aos sábados (21h30) e aos domingos (16h00).

A 08 de setembro, o Centro Dramático de Évora – Cendrev apresenta em Coimbra, no Pátio do Centro de Artes Visuais (CAV), junto ao Pátio da Inquisição, o espectáculo “Amor de Dom Perlimplim com Belisa em seu jardim”, um clássico de Federico García Lorca, aqui construído para apresentações ao ar livre, com encenação de José Russo. A sessão começa às 21h30 e tem entrada gratuita, sujeita a levantamento dos bilhetes na bilheteira do Teatro.

Com a nova temporada do TCSB regressam também ao contacto com o público familiar da cidade os já imprescindíveis “Sábados para a Infância”. Em setembro, o Teatro propõe uma oficina de teatro com Ricardo Kalash (para crianças entre os 3 e os 5 anos, já no dia 03, pelas 10h00), uma oficina de ilustração e música co-produzida com a Blue House e a Casa da Esquina, dirigida por Joana Corker e Érika Machado (dia 10, pelas 11h00), um espectáculo de novo-circo e clown com a companhia “Marimbondo” (dia 17, no Pátio do CAV, pelas 11h00, com entrada gratuita) e a sessão de histórias “Contos da Caixa”, com Helena Faria (dia 24, no Bar/Livraria do TCSB, pelas 11h00).

A tomar nota de tudo.
A não perder pitada desta agenda do TCSB.

+ A Escola da Noite
+ Teatro da Cerca de São Bernardo
© Fotografia: “Tchiloli Uma Tragedia Actual”, _01, José Mora Ramos.

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.