LUNA [Rock’n’Roll] FEST’23

A cidade de Coimbra será palco de um festival internacional de rock’n’roll a partir deste 2023. O LUNA FEST terá a sua primeira edição no próximo mês de agosto. O verão vai ferver, em Coimbra, com um programa impossível de resistir.

LUNA FEST é um evento da Fortunoscópio, unipessoal – Lda, empresa de eventos gerida pelo bem conhecido guitarrista Victor Torpedo e por Tito Santana, artista, criador dos emblemático espaços Twisted club e Pingamor, respectivamente, e em parceria com a Câmara Municipal de Coimbra.

Mais de que um Festival de Verão, o LUNA FEST é uma elaborada missão de salvamento. Uma missão que pretende implementar um programa musical atraente no seio da nossa cidade e que esta dedicação, paixão, urgência, se amplifique fortemente de maneira a dignificar e unificar todas estas vozes que moram em Coimbra , e que esta finalmente sirva de berço a um grande Festival de amplitude Internacional”, destaca Victor Torpedo.

O músico, conhecido por projetos como The ParkinsonsVictor Torpedo & The Pop KidsTédio Boys e Tiguana Bibles, lança o mote para o evento que se realizará entre 16 e 20 de agosto. “Que a viagem comece, pois queremos tudo para a cidade de Coimbra, queremos tudo para Portugal, o que queremos projetado no mundo: um mundo com mais cultura, mais aventuras musicais, com mais aventuras artísticas. Agora resta-nos esperar que a poeira se solte com o som da primeira nota tocada no Parque da Canção de Coimbra”.

Na mira (bem próxima) está a perspetiva de um futuro alternativo, de um forte colorido musical e bom entretenimento, sem esquecer o obrigatório nível de qualidade que se pretende atingir num festival desta dimensão é o potente fuel que alimenta a faísca deste duo de amigos – Victor Torpedo e Tito Santana. A bitola do alinhamento é superlativa e eximiamente calibrada, logo nesta primeira do LUNA FEST.

Nas palavras de quem construiu esta armadilhas para amantes do rock’n’roll e de boa música, o que temos pela frente é Um novo paradigma para a cidade de Coimbra.
Apesar de Coimbra acolher anualmente um crescente número de eventos culturais com uma audiência nacional e internacional, ainda subsiste um forte pendor para iniciativas de pequena escala com audiências entre as dezenas ou centenas de pessoas, muitas vezes sem um desenho de projeto cultural em rede, que permita aproximar a cidade do nível de excelência da programação e de desenvolvimento de audiências que reconhecemos noutros pontos do país.

É tempo de potenciar o nosso capital criativo e transformar a cidade num espaço privilegiado para acolher a música como território de comunicação, colaboração e transformação, apostando em eventos sustentáveis, diferenciados, e na experiência extraordinária que podemos proporcionar, aproximando de uma forma inovadora a cidade, a natureza, os músicos, a comunidade artística e os diferentes públicos.

A nossa proposta para a cidade de Coimbra, o LUNA FEST, apresentará uma programação internacional dedicada à música e à cultura do rock’n’roll, com uma curadoria apoiada por um grande patrocinador internacional, que pela primeira vez teve carta branca para convidar músicos, artistas e editoras, e conceber espetáculos musicais, exposições e colaborações artísticas multidisciplinares.

Nesta primeira edição, que estimulará a circulação do público pelas ruas da cidade e pelos seus espaços mais emblemáticos, é esperado que aproximadamente 150 mil espectadores visitem as propostas de programação diurna e noturna que vão decorrer ao longo do Festival, entre o seu Centro Histórico, Património Mundial da UNESCO, e o recinto principal, junto ao rio Mondego, no Parque Verde da cidade.

Prevendo o importante estímulo para a economia da cidade que estes números representam, mas conscientes dos efeitos das atividades humanas sobre o ambiente, sublinhamos que o LUNA FEST promoverá uma mudança de atitudes e de comportamentos no que diz respeito à sustentabilidade, demonstrando que é possível uma adopção de critérios com base no uso eficiente de recursos nos festivais de música.

Nesse sentido, todos os espetáculos musicais, exposições, projeções de cinema ao ar livre, além de debates e apresentações com autores e jornalistas, respeitarão estes valores fundamentais, estimulando e envolvendo um público que nos nossos dias quer mais do que simples entretenimento, e deve ser parte de um foco apontado não apenas para o palco, mas para toda a cidade.

O cartaz completo (e absolutamente obrigatório) do Luna Fest:

16 DE AGOSTO
THE DSM IV
Robert Görl & Daf
The Undertones
The Speedways
John Cale & Band

17 DE AGOSTO
Oh! Gunquit
The Black Lips
Finale
Buzzcocks
La Élite
Hickoids

18 DE AGOSTO
La Femme
The Phobics
The Damned
Os Fleshtones
The Star Spangles

19 DE AGOSTO
5ª Punkada
Eel Men
Dissidenten
Martin Dupont
A Certain Ratio
The Rezillos

20 DE AGOSTO
Ruts DC
Gang of Four
Devo [Cancelado. Para quem quiser solicitar o pedido de reembolso, basta contactar a organização do Festival que prontamente já divulgou o procedimento nas várias plataformas. Também acreditamos que, em breve, a organização surgirá com um novo nome forte para este dia].
The Only Ones
Yummy Fur
Bruno & The Outrageous Methods Of Presentation

“Demand the impossible” – Este é o mote do Festival LUNA FEST.
A colocar em destaque na sua agenda cultural de agosto. Mais informações (horários de cada banda) serão adicionadas ao artigo assim que disponibilizadas pela organização.
Imperdível, em Coimbra. •

LUNA FEST – Coimbra
Bilhetes

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.