Vem por aí…
Ana Lua Caiano

Ana Lua Caiano, cantautora portuguesa que em 2023 percorreu o país de norte a sul com vários concertos, prendendo ouvidos atentos à nova música nacional, prepara-se para regressar aos lançamentos com o seu primeiro LP. “Deixem o Morto Morrer” é a primeira canção a ser desvendada do novo disco que há-de chegar muito em breve.

Depois do lançamento dos primeiros EPs “Cheguei Tarde a Ontem” (2022) e “Se Dançar É Só Depois” (2023), Ana Lua Caiano começa agora um novo percurso na sua ainda curta, mas ja alta, carreira artística, ao lançar a primeira canção daquele que será o seu álbum longa-duração de estreia.

Deixem o Morto Morrer” é uma canção que acompanha e espelha o amadurecimento musical de Ana Lua Caiano. As referências sonoras e líricas à música tradicional portuguesa continuam a fazer parte do ADN do projeto, mas a eletrónica e a instrumentalização ganham novos corpos e texturas, é uma expansão de tudo aquilo que já foi editado até à data pela artista. Um nome a seguir bem de perto, o de Caiano.

Esta nova canção fala sobre um homem que morreu e sobre o sofrimento trazido por essa morte: ‘Gargalhadas altas ficaram mudas como túmulos’, ‘Dores cobrem o chão como coisas violentas’. Porém, à medida que a música vai avançando a tristeza torna-se alegria e a tragédia de uma morte é encarada numa perspetiva mais positiva. A canção, apesar de ter este tema forte e aparentemente triste, sofre uma inversão e é cantada, a partir de certa altura, com entusiasmo revelando-se uma canção energética, rítmica e vibrante.” Refere a artista.

O novo álbum chega no primeiro trimestre deste 2024 e será apresentado ao vivo em dois concertos especiais dia 05 de abril, no Plano B, no Porto e dia 11 de abril, no B.Leza, em Lisboa.

2023 foi um ano ímpar para a artista. Depois da edição do seu segundo EP, a artista pisou vários palcos por todo o Portugal (Norte, Sul, do Centro aos Açores e Madeira), passando por festivais como o NOS Alive, Festival Músicas do Mundo de Sines, MIL Lisboa, entre outros. Foi também neste ano que se estreou ao vivo em datas internacionais, passando por cidades como Vigo (ES), Madrid (ES), Cidade do Luxemburgo (LUX) e em festivais como o BIME (Bilbao, ES), Fira B!, (Maiorca, ES) e o ACC World Music Festival (Gwangju, Coreia do Sul).

Para os próximos tempos está confirmada para eventos como o Festival Trans Musicale (Rennes, França) e o Eurosonic Noorderslag (Groningen, Países Baixos) e está nomeada para os Music Moves Europe Awards, os prémios da União Europeia que celebram artistas emergentes que representam o som europeu de hoje e do futuro, reconhecendo o seu sucesso nacional e internacional.

A ouvir o novo single. A ouvir, novamente, os EP’s já editados. E a aguardar o tão esperado longa duração de Ana Lua Caiano, nos seus ritmos viciantes que nos prendem num instante. •

+ Ana Lua Caiano
© Fotografia: anELogico.

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.