“Embarcação do Inferno” / A Escola da Noite

Mestres na arte de representar Gil Vicente de forma superlativa, a trupe da Escola da Noite viaja até Évora, com o seu mais recente espectáculo: “Embarcação do Inferno”, de Gil Vicente. Calma, gentes da cidade berço d’A Escola. O espetáculo também estará em cena, em Coimbra, e não só do Inferno trata o programa desta Escola que tanto nos ensina…

Em Évora, no Teatro Garcia de Resende, sobe como dissemos a “Embarcação do Inferno” que não vai só. Associada a ela, a companhia de Coimbra e o Cendrev organizam hoje, dia 13 pelas 18h00, a conferência “Gil Vicente no seu tempo e no nosso tempo”, com os professores e investigadores Hélio Alves e José Augusto Cardoso Bernardes. A conferência terá lugar na Biblioteca Pública de Évora, no âmbito da Mostra Bibliográfica dos 500 anos do Cancioneiro Geral que decorre naquela instituição.

“Embarcação do Inferno” estreou na passada quinta-feira, em co-produção com o Cendrev – Centro Dramático de Évora, e mantém-se em cena na cidade alentejana até 30 de outubro. No ano em que se comemoram apenas 500 anos da primeira apresentação do “Auto de Moralidade da Embarcação do Inferno”, também conhecido como “Auto da Barca do Inferno” (quem nunca disse “samicas” na vida… “Má rabugem que te dê!“), os dois grupos decidiram montar o mais estudado e mais emblemático texto vicentino, assumindo a vontade de celebrar com o público este momento fundador do Teatro português. Cinco séculos depois, a peça continua a ter muito para nos oferecer, segundo José Augusto Cardoso Bernardes, consultor científico do projecto: “pela mão qualificada, segura e inventiva da Escola da Noite e do Centro Dramático de Évora, ficamos em condições de problematizar temas de sempre: Morte e Vida, Mal e Bem, Ter e Poder. E, para tal, nem sequer precisamos de sair completamente do século XXI. Com os pés assentes no nosso tempo, bastará alongar o ouvido e apurar a visão para escutar a sensibilidade e a moral de um outro tempo que, afinal, não está ainda tão afastado de nós como pode parecer.

O espectáculo é co-encenado pelos directores artísticos das duas companhias – António Augusto Barros e José Russo – e conta com um elenco misto: Ana Meira, Jorge Baião, José Russo, Rosário Gonzaga e Rui Nuno (Cendrev) e de Igor Lebreaud, Maria João Robalo e Miguel Magalhães (A Escola da Noite). A equipa inclui ainda Ana Rosa Assunção (figurinos e bonecos), João Mendes Ribeiro e Luisa Bebiano (cenografia), António Rebocho (iluminação) e Luís Pedro Madeira (música). Para além das sessões para o público em geral (de quarta a sábado, às 21h30, e aos domingos, às 16h00), começam esta semana as sessões para o público escolar, mediante marcação prévia (quartas, quintas e sextas, às 10h30 ou às 15h00).


© “Catra… Pum!!!”

Ao mesmo tempo, A Escola da Noite acolhe em Coimbra, no Teatro da Cerca de São Bernardo, o divertido espectáculo de teatro e música “Catra… Pum!!”, de Vânia Couto. Para além do regresso aos Sábados para a Infância (dia 15, pelas 11h00), o espectáculo cumprirá uma mini-temporada para o público escolar da cidade e da região, entre quarta e sexta-feira; ou não fosse esta A Escola. As sessões, dirigidas sobretudo a crianças do Pré-escolar e do 1.º Ciclo do Ensino Básico, terão lugar às 10h30 e às 15h00, mediante reserva prévia. Presença habitual na programação para a infância no TCSB, a música e intérprete Vânia Couto propõe aqui uma viagem pelo mundo real e imaginário – “uma viagem pelos sons, desde o som cru até à música construída, através de paisagens sonoras, músicas tradicionais do mundo, misturando a electrónica e os sons acústicos, num cenário que se move e multiplica.”

As sessões de “Catra… Pum!!” agendadas para esta semana fazem parte do programa especialmente desenhado para as escolas, que decorre no TCSB entre outubro e dezembro. Nas semanas seguintes, essa programação inclui ainda o espectáculo “Ver a Odisseia para chegar a Ítaca”, de Leonor Barata (19 a 21 de outubro), “Flores de Livro”, de Cláudia Sousa (26 a 28 de outubro) e “Embarcação do Inferno”, a co-produção A Escola da Noite / Cendrev (16 de novembro a 2 de dezembro). As marcações podem ser feitas através dos contactos habituais do TCSB: 239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt.

“Embarcação do Inferno” pel’A Escola da Noite e CENDREV:
06 a 30/10 – “Embarcação do Inferno”, Teatro Garcia de Resende, Évora.
Quarta a sábado, 21h30; domingos, 16h00.
Sessões para escolas: 12 a 28/10.
informações e reservas: 266 703 112 / geral@cendrev.com

10/11 a 04/12 – “Embarcação do Inferno”, TCSB, Coimbra.
Quinta a sábado, 21h30; domingos, 16h00.
Sessões para escolas: 16/11 a 02/12.
informações e reservas: 239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt

Programação no TCSB para este fim-de-semana:
15/10, 11h00 – Catra… Pum!!! com Vânia Couto.

E então, rumamos ao teatro em Évora e Coimbra? •

+ TCSB
+ A Escola da Noite
© Fotografia de destaque: “Embarcação do Inferno”, Paulo Nuno Silva.

Partilhe com os amigos:

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.