Concerto de Ano Novo no TMJB

Agendas de 2018 preparadas e é reservar espaço para a Orquestra Metropolitana de Lisboa que sobe ao palco do Teatro Municipal Joaquim Benite (TMJB), esta semana, para o tradicional Concerto de Ano Novo.

A Orquestra Metropolitana de Lisboa é, pelo segundo ano consecutivo, a formação responsável por dar as boas-vindas ao novo ano no TMJB. Tal como em 2017, será dirigida pelo maestro Sebastian Perłowski e interpretará um programa essencialmente festivo, a preceito e como tem de ser, composto por polcas, marchas, valsas, danças rústicas e de contos de fadas – ao qual não faltarão sequer algumas surpresas, para animar ainda mais o público. Piotr Ilitch Tchaikovsky, Johann Strauss II e Antonín Dvořák estão entre os compositores convocados para uma celebração que, cumprindo a tradição europeia dos salões nobres, encerra em beleza a quadra festiva, convidando a um brinde a 2018.

Sebastian Perłowski formou-se em Composição e Direcção de Ópera e Orquestra Sinfónica na Academia de Música do Instituto de Jazz Karol Szymanowski, em Katowice, na Polónia. Foi finalista do Concurso Internacional para Jovens Maestros que se realizou em 2012, em Lisboa, e foi nomeado, em 2013, para o Prémio de Melhor Maestro dos últimos cinco anos da Ópera de Cracóvia. Actualmente é responsável pelas classes de Composição, Arranjo e Big Band na instituição onde se formou. Colabora regularmente com a Orquestra da Ópera de Cracóvia. Um curriculum que não deixa dúvidas do seu talento.

Sem mais demoras, o programa que poderá ouvir no próximo dia 04 de janeiro, pelas 21h00, no TMJB em Almada:
P. I. Tchaikovsky Capricho Italiano, Op. 45
J. Strauss II Polca Champanhe, Op. 211
Dvořák Dança Eslava N.º 7 em Dó Menor, Op. 46
I. Tchaikovsky Marcha, do bailado O Quebra-Nozes
J. Strauss II Perpetuum mobile, Op. 257
I. Tchaikovsky Valsa das flores, do bailado O Quebra-Nozes
Kilar Orawa, para orquestra de cordas
Strauss II Polca Eljen a Magyar! (Viva a Hungria) , Op. 332
Dvořák Dança Eslava N.º 8 em Sol Menor, Op. 46
J. Strauss II Polca rápida Sob Trovões e Relâmpagos, Op. 324
P. I. Tchaikovsky Dança Russa (Trepak) , do bailado O Quebra-Nozes
J. Strauss II Valsa Danúbio azul, Op. 314

A ir. A não perder, em Almada. •

TMJB
© Fotografia: DR.

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.