Nenhum sítio

“Ontem chegamos aqui e temos o coração cheio.
As mãos percorrem as folhas que crescem das memórias, são ainda pequenas e finas mas as raízes profundas. Há sorrisos que bebem do que se tem no peito, ninhos onde se protege o amor, a coragem.
A vontade salta em frente mesmo que não se sinta chão, o vento solta os pássaros que se prendem nos cabelos.
Dás-me a mão e nada voltará a ser normal.”

Texto e ilustração: Marta Nunes

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.