Julho a Setembro / gnration

A norte, o verão segue quente no gnration: Factory Floor, Evian Christ, Orelha Negra, Três Tristes Tigres, Get The Blessing, o melhor novo cinema português, e muito mais, para ver até setembro. Quente e ritmado, claro.

A programação cultural para o trimestre deste julho, agosto e setembro na Praça Conde de Agrolongo está com um vasto programa para todos os gostos. O verão quente do gnration arrancou no inicio de julho com a terceira edição do ciclo “Julho é de Jazz”, iniciativa que toma lugar no pátio exterior do gnration e apresenta alguns dos melhores nomes do jazz internacional e nacional. Depois de, na semana passada, Evan Parker ter aberto as festividades, numa noite em que também tocaram os portugueses Slow Is Possible, segue-se esta semana, mais precisamente amanhã dia 14 de julho, o quarteto de Bristol Get The Blessing, fundado pelos músicos de sessão dos Portishead, Clive Deamer e Jim Barr. A noite contará ainda com Susana Santos Silva, nome de referência do jazz contemporâneo e da música improvisada dentro e fora de Portugal (nome que certamente já leu, várias vezes, no universo Mutante).


© Factory Floor

A fechar o mês de julho e o ciclo jazz, no dia 31 deste mês, o Hong Kong New Music Ensemble (HKNME) juntar-se-á ao Digitópia Collective para interpretar obras de Karlheinz Stockhausen e de três compositores asiáticos (Angus Lee, Charles Kwong e Isang Yun) no pátio exterior do gnration. Fundado em 2008, o HKNME foi considerado pela CNN como um dos mais progressivos grupos musicais de Hong Kong e tem sido alvo de elogios frequentes pelos seus programas inovadores.

Já em agosto, o novo cinema de português toma lugar no pátio exterior do gnration, com sessões ao ar livre e gratuitas, que decorrerão durante todo o mês. Filmes, documentários e curtas-metragens dos realizadores portugueses Salomé Lamas, João Salaviza, Cláudia Varejão, Leonor Teles ou Gabriel Abrantes, entre outros, vão poder ser vistos no Cinema no Pátio, ciclo de cinema que já se torna hábito nas noites quentes de Braga. A não perder!

Em setembro, o gnration volta a apresentar palco nas emblemáticas noites da Noite Branca da cidade, a decorrer de 01 a 03 de setembro. A 01 de setembro, o palco gnration@ Noite Branca receberá os portugueses Orelha Negra, grupo que junta Sam The Kid, Cruzfader, Fred, Francisco Rebelo e João Gomes, e os bracarenses Osso, um projeto único, comissariado pelo gnration para o evento, que reúne vários músicos da cidade provenientes de diferentes estéticas sonoras. A 02 de setembro, os britânicos Factory Floor, um dos nomes da eletrónica atual, passam pelo palco situado na Avenida Central para apresentar o mais recente disco – “25 25” – editado em 2016 pela conceituada DFA e seguidor do aclamado disco de estreia. Na mesma noite, o reputado produtor britânico de música eletrónica Evian Christ, conhecido também por ter colaborado com Kanye West em Yeezus, apresentará o novo disco “Waterfall”. A somar à noite, numa conta já de peso, o trio português Niagara levará a eletrónica biótica que os caracterizou em dois discos pela editora Príncipe e um pelo londrina From The Depths. Todos os concertos terão entrada livre.

Também inserido no programa para a Noite Branca de Braga, mas a decorrer na Blackbox, o gnration apresentará ainda em concerto os bracarenses Grandfather’s House, que integraram nos últimos meses o Trabalho da Casa, iniciativa que coloca artistas locais em residência artística e apresentação pública de novo material. A 22 de setembro, o gnration encerra o trimestre de concertos com os portugueses Três Tristes Tigres. O grupo formado por Ana Deus e Alexandre Soares revisitará “Guia Espiritual” e “Comum”, dois dos emblemáticos discos na carreira da banda do Porto. E ainda há mais…


© Evian Christ

Na continuação do programa colaborativo Scale Travels, entre o gnration e o INL – Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, que alia arte e nanotecnologia num projeto de vanguarda, o artista sonoro português Pedro Rebelo apresentará a instalação sonora “Listen to me!” na galeria INL, situada no gnration. O resultado da residência artística levada a cabo pelo português no INL poderá ser visitada até dia 30 de setembro, (entrada é livre). Já na galeria gnration, o gnration apresentará “WOFL001”, uma instalação de luz e som criada pelo Open Field Creative Lab e onde dois muros criam jogos de luz e sombra, potenciando diferentes perceções. Esta instalação está patente para vistia de 15 de julho a 15 de outubro, (entrada livre).

Em Braga, no verão, ficar é casa é proibido. A tomar nota. A viver a cidade. •

gnration – agenda
© Fotografia de destaque: Hong Kong New Music Ensemble e Digitópia Collective.

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.