Concerto: “O Feminino em Pessoa”

Se ainda não tem programa para a noite de amanhã, eis uma sugestão: Concerto “O Feminino em Pessoa”, na Casa da América Latina.

O quarteto Patrícia Lopes apresenta o espetáculo musical “O Feminino em Pessoa” na Casa da América Latina, em Lisboa, amanhã dia 04 de novembro, pelas 21h30. Inspirada pela obra de Fernando Pessoa (1888-1935), Patrícia Lopes, compositora e pianista brasileira, concebeu um espetáculo intimista, no qual a poesia de um dos maiores escritores portugueses se funde com a sonoridade da música brasileira e a própria história da compositora. O espetáculo conta com a participação especial de Lyda Chen (viola) e Sofia Vitória (voz).

A escolha deste preciso tema “prende-se com a busca pela compreensão da ‘alma feminina’, sobre a qual Fernando Pessoa se debruçou apaixonadamente. A presença de vozes distintas na obra deste escritor inspirou a composição das imagens sonoras do espetáculo“. “O Feminino em Pessoa” chega-nos como um ciclo de sete canções, escritas para voz e ensemble, “marcado pela leveza e a sofisticação de uma atmosfera que permite o diálogo melódico e harmónico, entrelaçado no tecido poético de Pessoa“.
Patrícia Lopes, pianista e compositora brasileira, iniciou os seus estudos em piano com apenas seis anos de idade, em Londres – cidade onde nasceu. Entre as suas mais recentes composições contam-se “O Feminino em Pessoa” e “Hortênsia” (para ensemble de cordas e madeiras). No anos de 2015 realizou um ciclo de concertos na cidade de Nova Iorque com composições originais. Concluiu o seu projeto de doutoramento sobre o universo musical de Tom Jobim na Universidade de São Paulo (USP), e apresentou, em 2016, ao lado de Dori Caymmi e a Orquestra de Câmara da ECA/USP, a canção “Matita Parê” (1973) de Tom Jobim e Paulo Cesar Pinheiro, sob direção artística do maestro Gil Jardim.

É a não perder, este momento ímpar na Casa da América Latina, que nos leva a universo feminino, através da música, em Pessoa. •

Casa da América Latina
Patrícia Lopes
© Fotografia: DR.

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.