Carlos Kristensen / Da paixão nasce a arte

Carlos Kristensen, numa trajetória inspirada pelo amor às raízes, encanta há oito anos com sutileza e arrojo os comensais do Hashi Art Cuisine, do alto de suas experiências multiculturais.

Estágio e trabalho na área da administração em uma das maiores empresas brasileiras da indústria do aço seria o começo de uma trajetória diametralmente oposta para Carlos Kristensen. Instigado pelo pai, punha em prática seus instintos na cozinha de casa e nas viagens com amigos quando surfava. Ensaios que viriam a reconduzir a vida de um dos mais renomados chefs de Porto Alegre: da administração de empresas, para a administração de entusiasmo e de experiências únicas, no Hashi.
Em cinco anos de viagens, oscilando entre Ásia e Oceania, em busca de inspiração para alimentar suas paixões, explorou Malásia, Nepal, Índia, Singapura, Tailândia e foi iniciado como profissional, que viria a se tornar o brilhante chef.
De volta ao Brasil, marcou o nascimento de uma nova concepção gastronômica na movimentada e tipicamente urbana – porém ainda provinciana – Porto Alegre. Quebrando conceitos a partir da fabulosa experiência adquirida, Kristensen instalou o Hashi Art Cuisine, em 2005, carregando desde então um vasto elenco de premiações.
O foco não mudou: a matéria prima – “o melhor produto é o que temos aqui; agrego valor ao seu entorno”. Traçou a rota dos queijos da Serra Gaúcha em busca do seu melhor produtor; rasgou o Rio Grande de norte a sul em busca dos melhores enchidos, dos melhores vinhos, das melhores flores – “O contato com o produtor é primordial; é preciso conhecer o material para com ele saber trabalhar.” O DNA do Hashi é simples: é a busca da excelência no prato, no atendimento e no ambiente – “O diferencial deve estar em todos e em cada um destes elementos”.

A harmonia entre o campo e a mesa norteia os projetos conduzidos por Kristensen: “uma mudança de mentalidade é necessária para maior valorização do nosso terroir e das nossas tradições”.
O olhar para o pequeno produtor aportar experiências únicas para o restaurante. O comensal desenvolve um novo olhar sobre sua origem, surpreendendo-se ao ver os produtos que conhece sob diferenciada e inusitada releitura.
A delicadeza das flores e brotos orgânicos ornamentam as obras de arte egressas da imaculada cozinha do Hashi. O menu confiança é o resultado de uma verdadeira fusão multicultural: equilíbrio e harmonia no uso de avançadas técnicas sobre os melhores exemplares de produtos regionais garimpados pelo chef. No acervo, destaco três momentos de especial afinidade com o terroir do Rio Grande do Sul:
· O marcante Tartar de linguiça artesanal defumada com vinagrete de mel, encanta ao lado do da aveludada sutileza do queijo de cabra – encimado pela intensa flor do alho poró – e chip de batata doce.
· O festival de texturas e paladares que se misturam no Ganso defumado curado no sal, molho de Jurupiga, confit de maçã sous vide, cascas de bergamota cristalizada e flor do alho – delicadeza na cor; profundidade no sabor.
· Contemplo por fim o delicado Hambúrguer de búfalo, pirão de queijo serrano, geleia de pimenta biquinho e cebola assada na brasa – elegante alquimia entre picante e doce, cremoso e intenso.
Harmonizando savoir-faire e requinte, aplicando conhecimentos multiculturais à rusticidade dos produtos regionais, Kristensen elevou a gastronomia regional a outro nível.

O quebra-cabeça da construção desta elegante simplicidade é arte.
E a arte dominada com maestria dá nome ao Hashi Art Cuisine.
www.hashi.com.br

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.