EXPERIENCE 0

Quartos com vista sobre a cidade e sobre as serras / Fundão

Além do Pecado, nome de baptismo do restaurante que tem Hugo Nascimento como chef consultor, há uma lareira onde fora o confessionário e o pequeno-almoço é servido no claustro, outrora destinado ao silêncio. Eis uma súmula de acicatar o apetite para umas férias no Convento do Seixo Boutique Hotel & Spa.
A arquitectura não deixa margem para dúvidas: estamos perante um edifício religioso

Os detalhes de pedra inscritos na fachada e no restante edifício predominada pelo branco não deixam margem para dúvidas de que estamos perante um imóvel de carácter religioso. Este fora objecto de uma reabilitação profunda e é conhecido, hoje, como Convento do Seixo Boutique Hotel & Spa, no Fundão. Trata-se do primeiro cinco estrelas do distrito de Castelo Branco, está localizado na encosta da Serra da Gardunha e conta com uma belíssima vista seja sobre a cidade, seja sobre o frondoso Parque do Convento.

Antes de esmiuçar a história acerca deste edifício, falemos sobre a arquitectura de interiores sustentada no cruzamento entre o passado e o presente – o primeiro está evidente nos pormenores de pedra deixada em alguns quartos e áreas comuns; o segundo é representado pela contemporaneidade das peças de mobiliário e de decoração. Assim é nos 20 nos espaços comuns e nos quartos, sendo estes espaçosos, aprimorados pela particularidade da utilização do veludo nas almofadas e nos pousa-pés dispostos ao fundo das camas, por exemplo. Já nas quatro villas, ideais para famílias, impera a arquitectura mais actual, mas perfeitamente enquadrada na antiguidade do espaço circundante.

No jardim, contíguo a este edifício, está a piscina exterior igualmente privilegiada com a vista sobre a Serra da Gardunha, mas é a cameleira que conquista as atenções. Esta árvore tem um forte simbolismo para os habitantes do Fundão, sobretudo as mulheres que, em tempos idos, iam ali colher camélias para colorir o ramo de noiva. 

A piscina interior está na área do Bodhi Spa

Este parte exterior é acessível, ainda, ao Bodhi Spa. Instalado na zona das antigas oficinas do convento, este espaço é constituído pelas salas de massagens, pelo flutuário, pela sala de haloterapia (terapia do sal) e pela apetecível piscina interior aquecida, o “ponto de encontro” das crianças – e respectivos mãe e/ou pai – com hora marcada, diariamente, entre as 9 e as 13 horas.

O Pecado não mora ao lado
O restaurante Pecado está instalado na antiga igreja do convento

Onde fora a igreja deste convento é, agora, o XVI Bar, ideal para pôr a conversa em dia. Nos sofás dispostos junto a este ou ao balcão, disposto em frente à lareira construída no mesmo sítio do confessionário, “onde, agora, se podem queimar os seus pecados”, afirma Duarte Rodrigues, director do hotel, em tom de brincadeira.

Ao fundo, a ocupar o altar da antiga igreja está o Pecado. O nome foi atribuído – em tom de provocação – ao restaurante do Convento do Seixo Boutique Hotel & Spa que conta, agora, com a consultoria do chef lisboeta Hugo Nascimento, braço direito do chef Vítor Sobral. 

“Uma cozinha de inspiração regional. Simples e saborosa, mas com muita alma (…) Menos é mais”, diz Hugo Nascimento ©cortesia do Convento do Seixo Boutique Hotel & Spa

Com base na “gastronomia portuguesa”, o chef Hugo Nascimento garante que “vamos trabalhar com o máximo de produtos da região, com todas as condicionantes que sabemos que uma região de interior tem, mas também com todas as vantagens que a proximidade do campo e de produtos locais nos traz”. Por isso, “os produtos reis da região”, como o cabrito, os queijos e os enchidos, por exemplo, imperam na carta ou não tivesse o Pecado “uma cozinha de inspiração regional. Simples e saborosa, mas com muita alma (…) Menos é mais.”

Para concretizar esta mudança, Hugo Nascimento traçou como primeiro objectivo “conhecer as equipas, os produtos, os produtores”, bem como “inspirar-me para definir o conceito do projecto”. No entanto, “ainda temos muito trabalho pela frente”, reforça. Por isso, durante esta fase inicial, o chef lisboeta compromete-se a voltar, ao Convento do Seixo Boutique Hotel & Spa, duas vezes por mês. “O desafio é acima de tudo envolver pessoas. São elas o ingrediente mais importante neste projecto.”

O claustro está reservado para o pequeno-almoço, mas também à leitura, além de ser propício à leitura e à conversa

Na mesma cozinha são feitos os preparativos para o pequeno-almoço, diversificado e generoso, servido no claustro, ponto de passagem para a parte do edifício onde estão os quartos.

Capítulo do passado com do presente

Da cozinha passemos para as páginas da história sobre o Convento do Seixo outrora pertencente aos Capuchos da Província de Soledade, da Ordem de São Francisco, datado do século XIV. Este mesmo século é atribuído ao aparecimento de Nossa Senhora entre seixos brancos. A construção de uma ermida no local fora, em tempos, objecto de romarias religiosas. 

Há quem diga, porém, que a erosão terá sido o principal motivo da transladação, no século XVI, das ditas pedras para outro sítio, aquele onde está, hoje, o Convento do Seixo Boutique Hotel & Spa – as pedras estão sob o piso superior do restaurante Pecado. Convento de Nossa Senhora da Natividade, de Nossa Senhora da Assunção e de Santo António terão sido as designações atribuídas a este edifício religioso que, na última metade do século XVIII terá sido uma escola pública a mando da Rainha D. Maria I. 

A sua restauração e ampliação foi registada no século XIX, tendo sido, já no século XX, abandonado acabando, consequentemente, por ficar em ruína até ao momento em que o empresário Eurico Augusto decidiu recuperar este edifício e transformá-lo num hotel de cinco estrelas, três anos e meio depois de abrir portas do Cerca Design House.

Na aldeia de Chãos
A aldeia de Chãos é o berço da Cerca Design House

A Casa dos Machados, solar beirão datado do século XVII é, desde Março de 2015, uma casa de campo de charme, a Cerca Design House. Entre paredes de pedra, a contemporaneidade dita a tendência em cada um dos dez quartos e das cinco villas, bem como das áreas comuns, com a predominância das cores vivas do burel e de outros tecidos e detalhes.

O burel preenche os quartos de cor

Apesar de estar localizada no coração desta freguesia do concelho do Fundão, a tranquilidade é a palavra-chave desta casa de campo, com uma piscina interior, a remeter para momentos de silência, e duas outras ao ar livre, sendo que umas delas está instalada em frente às villas, onde a vista alcança as Serras da Gardunha e da Estrela. 

A Serra da Estrela é sempre um óptimo pretexto para uma viagem em família

A Serra da Estrela é imperativa no roteiro pelo Fundão, sobretudo quando a neve abunda e porque o percurso até lá vale sempre a pena (re)visitar e explorar. A diversidade de fauna e flora são duas das principais razões para regressar a este lugar privilegiado por uma envolvente paisagística mutante ou não fosse a paisagem marcadamente diferente quando comparado o Inverno com o Verão.

A beleza do Covão d’Ametade é para contemplar com tempo

Desde o cimo da Torre – o ponto mais alto de Portugal Continental – até ao Covão d’Ametade, em Manteigas. Trata-se, nada mais, nada menos, do que uma depressão de origem glaciar, um verdadeiro paraíso rodeado por três enormes afloramentos rochosos: o Cântaro Raso, o Cântaro Magro e o Cântaro Magro. É através das paredes dos referidos cântaros que descem as águas do Zêzere, que se forma no Covão d’Ametade, o ponto de partida da Grande Rota do Zêzere, a percorrer a pé ou de BTT.

É ir! Boas férias!

+ Convento do Seixo Boutique Hotel & Spa
+ Cerca Design House
© Fotografia: João Pedro Rato

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.


You Might Also Like

No Comments

Leave a reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.