RESTAURANTES, TABLE 0

A Gigi, a roulote, o queijo e as pizzas dela

O local outrora ocupado pelo Mercado de Santo André, em Sintra, é a referência para localizar o espaço de restauração de Geraldine Berger que, em 2016, decide pôr a mão na massa e conquistar o palato de quem tanto aprecia a vida simples.


Veio para Portugal em 2013, mas quis o destino trocar-lhe as voltas para, ao fim de três anos, comprar uma carrinha e dedicar-se às pizzas. A estreia tem lugar num festival de Verão, mas é no Mercado de Santo André, na freguesia de Colares, Sintra, que resolve assentar arraiais. “Comecei com umas dez pizzas!”, revela Geraldine Berger, a francesa natural de Paris mais conhecida por Gigi. “Temos muitas pizzarias em França e muitas pizzas também. E eu tive de me fazer à vida.” O negócio prosperou porque ninguém fazia pizzas no mercado.

No mesmo ano, decide instalar a carrinha no terreno e alargar o negócio. “Fiz o telhado, por causa da chuva, e fechámos em redor, para ficar mais acolhedor no Inverno.” Substituiu a velha carrinha, que já estava obsoleta, por outra que vai buscar a França. “Reciclámos o material da carrinha e construímos esta”, conta Geraldine Berger, referindo-se à, agora, casa revestida a madeira, para ficar com a cozinha mais espaçosa. Pintaram, decoraram et voilá! O espaço assemelha-se às casas de madeira espalhadas à beira das estradas francesas e onde se vendem uma imensidão de hortícolas e fruta, ervas aromáticas, enchidos e queijos, e ovos das quintas das redondezas.


“Quando comecei, usava farinha que comprava no supermercado, porque não conhecia ninguém, mas houve um senhor que tinha pizzarias em Cascais e recomendou-me a farinha da Dreamplus. Foi mais ou menos em 2017. A farinha, a polpa de tomate, o queijo Gorgonzola, os orégãos, o tomate seco, da Dreamplus, e o queijo Mozarella da Maestrella. Assim que experimentei este queijo, achei o resultado o melhor de todos. A pizza fica mais bonita! A textura e o sabor são muito importantes e os deste queijo são muito bons.”

As pizzas são inventadas por Geraldine Berger e a conjugação de sabores saem naturalmente da sua cabeça. A justificação para esta proeza? “Gosto muito de comer!” 


Os cogumelos e o bacon são os ingredientes principais da Camponesa, mas o queijo Mozzarela da Maestrella dá-lhe um sabor especial


A massa é amassada à mão e deixa a levedar por três horas, “mas depende do tempo, ou seja, se está mais frio ou mais calor. Coloco o molho de tomate e o queijo Mozarella da Maestrella, além dos outros ingredientes.” Vão ao forno, à temperatura de 350° C, por quatro minutos. “Há pizzas que são terminadas depois, como as que levam rúcula, por exemplo.” Depois são servidas à mesa.

“Tenho sete empregados, mas vou precisar de mais no Verão. Todos sabem fazer um pouco de tudo, para facilitar a distribuição do trabalho”, explica a nossa anfitriã. “Os legumes comprava aqui, no mercado, mas como agora a feira mudou de sítio, compro os frescos nas mercearias locais.”


Além do queijo Mozarella da Maestrela, a Pizza Carnívora de Geraldine Berger (a.k.a. Gigi) é composta por fiambre, bacon e chouriço, além de pimento e molho de tomate


Carnívora, Exótica, Siciliana, Romana são os nomes de algumas das sugestões de pizza da Roulote da Gigi. As mais pedidas são a Camponesa, a Italiana, a Alfredo – “inventei essa pizza para um vizinho meu que se chamava Alfredo e assim ficou”. A designação de Rainha foi buscar a França, “onde a pizzas com cogumelos e fiambre têm esse nome”. Há, também, as pizzas do momento. “Têm a ver com a estação e a minha inspiração.” Todas estão disponíveis nas versões pequena e grande.


As bruchettas de gorgonsola e a de queijo de cabra também têm o queijo Mozarella da Maestrella na sua composição


Enquanto aguarda pela pizza, é de experimentar as bruchettas e as mini calzones são de eleger por quem prefere uma refeição rápida. Saladas e lasanhas são as alternativas, e as tostas são uma boa sugestão para meio da tarde. Para a sobremesa, Geraldine Berger refere o brownie: “é feito por uma senhora, a Daniela, que vendia os bolos no mercado e a quem continuo a comprar. As outras sobremesas são feitas por nós.”

O melhor é ir à Roulote da Gigi e escolher a favorita para finalizar a refeição a acompanhar com limonada ou outro sumo natural, já que, “este Verão vou apostar mais nos sumos naturais, dependendo das frutas que irei ter”, afirma a nossa anfitriã.

Bom apetite!

Conteúdo desenvolvido em parceria com:

+ Roulote da Gigi
+ Maestrella
+ Maestrella no Facebook
+ Maestrella no Instagram
+ Dreamplus
+ Dreamplus no Facebook
+ Dreamplus no Instagram

© Fotografia: João Pedro Rato

[Legenda da foto de entrada: Pesto, tomate seco e parmesão são os ingredientes que sobressaem da pizza Italiana, sem esquecer a rúcula, o parmesão e, claro, o queijo Mozarella da Maestrella eleito como o melhor por Gigi]

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.

You Might Also Like

No Comments

Leave a reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.