A colheita de 2019 de Sauvignon Blanc de Francisco Batel Marques / Quinta dos Abibes

A paixão pelo universo vitivinícola determinou a aquisição, há duas décadas, de uma propriedade situada no coração da Bairrada, onde as castas d’além fronteiras também merecem destaque.

A Sauvignon Blanc é uma das variedades de uva da Quinta dos Abibes, propriedade vinhateira de 12 hectares situada em Aguim, no concelho de Anadia, em plena Região Demarcada da Bairrada. A escolha foi feita por Francisco Batel Marques – que, à profissão de Professor Catedrático da Universidade de Coimbra e de Director na Associação para Investigação Biomédica em Luz e Imagem (AIBILI) somou, no início de 2000, a de viticultor e produtor – , para dar resposta ao mercado do turismo no país. 

Apesar da sua origem francesa, esta casta foi eleita por causa do mercado do turismo, mas a particularidade deste Quinta dos Abibes Sauvignon Blanc 2019, associada ao terroir bairradino, denota um perfil singular. O aroma fresco revela, sobretudo, notas e líchia e de alperce; na boca, denota uma acidez equilibrada e um final seco. Estas duas últimas notas resultam da influência do Atlântico na Bairrada e, ao mesmo tempo, das características do típico solo desta região, em que prevalece, precisamente, o barro.

Mas a Sauvignon Blanc não é a única casta proveniente do lado de lá da fronteira do país. Há, também, a tinta Cabernet Sauvignon, a partir da qual é feito o Quinta dos Abibes Reserva tinto 2014, vinho premiado em quase uma dezena de vezes em concursos nacionais e internacionais.

Da lista das castas nacionais, Francisco Batel Marques escolheu, por sua vez, a Arinto e, desde 2017, a Bical, variedade de uva indissociável à Bairrada. Tal como o é a Baga, nas tintas que, a par com a Touriga Nacional, fecham o ciclo das castas plantadas na Quinta dos Abibes. 

Voltando ao Quinta dos Abibes Sauvignon Blanc 2019, eis um vinho para este Verão ou não fosse o peixe grelhado um dos pratos recomendados para levá-lo à mesa na companhia dos amigos e da família. Ou, se preferir, a degustar na própria quinta, para harmonizar com as conversas de Francisco Batel Marques, descobrir as demais referências vínicas e conhecer o projecto ao vivo.

Brindemos!


+ Quinta dos Abibes

© Fotografia: João Pedro Rato

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.