NO COPO, TABLE 0

O Douro Superior na sua plenitude / Quinta Vale do Sabor

A encosta preenchida de cepas preenche o olhar. Lá no fundo está o Rio Sabor em comunhão profunda com a envolvente duriense. A adega é o palco da feitura do vinho que integra a nova gama da Quinta Vale D. Maria.


São 43 hectares de vinha plantada nas encostas de dois vales que constituem a topologia desta propriedade


O centenário grupo Aveleda adquire, em 2015, a Quinta Vale do Sabor, propriedade vinhateira localizada em Torre de Moncorvo, no Douro Superior, sub-região localizada a Este dentro da Região Demarcada do Douro. Os seus longos 43 hectares de vinha tomam conta da paisagem entrecortada pelo Sabor, rio que empresta o seu nome a esta exploração vitivinícola com vista privilegiada para o casario de Torre de Moncorvo e os relevos pronunciados da envolvente. 

Com os pés na terra, Pedro Barbosa, engenheiro agrónomo responsável pela vertente vitivinícola desta propriedade, outrora chamada de Seis Quintas, conta com vagar desejável o reinício da história da agora Quinta Vale do Sabor onde são preservadas as castas Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinta Barroca plantadas, a meio da década de 1980, em 12 hectares de terreno.

Entre 2006 e 2009 a área de vinha é aumentada em 30 hectares. Na lista das variedades de uva tinta constam a Alicante Bouschet e a Baga, e as castas brancas Arinto e Rabigato, enquanto a Viosinho é já uva comparada a produtores desta sub-região.

Todas fazem parte da nova gama da Quinta Vale D. Maria que, deste modo, estende o seu portefólio vínico ao Douro Superior, a sub-região localizada a Este dentro da Região Demarcada do Douro, realidade que permite “alargar o seu espectro de ação e colocar-nos novos desafios e ambições”, afirma Manuel Soares, responsável pelo departamento de enologia da Aveleda. 


A varanda da adega oferece uma vista singular sobre a paisagem característica do Douro Superior


Desta união resultam três vinhos produzidos na adega desta propriedade vinhateira. Enquadrado na envolvente duriense, o edifício, construído pelos anteriores proprietários, corresponde às exigências actuais, desde a recepção até ao engarrafamento e rotulagem. Sem esquecer a enorme varanda sobranceira a parte da vinha e com uma vista memorável sobre a paisagem inóspita do Douro Superior.


Baga, Touriga Franca, Touriga Franca e Touriga Nacional foram as castas postas à prova num dia soalheiro


Vale D. Maria Douro Superior tinto 2018 (€10) possui aromas a fruta vermelha e uma textura aveludada características das castas Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinta Roriz, entre outras, que lhe conferem um final longo e fresco, perfeito para uma refeição descontraída. 

Rabigato, Viosinho e Arinto são as variedades de uva que fazem parte do Vale D. Maria Vinhas do Sabor branco 2019 (€18) e atribuem frescura a este vinho, graças à Rabigato, acrescida da acidez da aromática Arinto e do carácter floral da Viosinho. 

Vale D. Maria Vinhas do Sabor tinto 2018 (€18), feito a partir das castas Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinta Roriz, Alicante Bouschet e Baga vindimadas em cepas com idades compreendidas entre os dez e os 35 anos, deixa transparecer o Douro no copo, pela exuberância no nariz, com destaque para as notas de frutas silvestres, amoras e o toque floral característico das variedades que se concentram neste vinho, uma verdadeira mostra o Douro em todo o seu esplendor, para acompanhar um repasto mais elaborado.


O respeito pelo ecossistema é um dos requisitos implementados pelo grupo Aveleda


À predominância das variedades de uva típicas do Douro acresce a restante fauna, como as oliveiras, as oliveiras bravas e as amendoeiras ali plantadas. O objetivo é fomentar a diversidade nesta propriedade considerada “um diamante em bruto” nas palavras de Martim Guedes, CEO, descendente e um dos rostos da quinta geração da família fundadora da Aveleda, empresa sediada em Penafiel, na Região Demarcada dos Vinhos Verdes, e que precisou de tempo para mostrar o seu potencial ditado pelo terroir do Douro Superior.

+ Aveleda
© Fotografia: João Pedro Rato

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.

You Might Also Like

No Comments

Leave a reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.