RESTAURANTES, RESTAURANTES LISBOA, TABLE 0

Big Chic, um caso de sucesso no mundo das pizzas

Obrigados a fechar portas em Março de 2020, desde então a família Patrício decidiu apostar tudo no takeaway e no delivery, acções que continuam a desempenhar diariamente em prol da segurança de todos os que trabalham nesta pizzaria.

Marguerita, com mozzarella da Maestrella, manjericão, alho e tomate


“Não queremos abrir para já, por causa da COVID-19 e por questões de segurança, e de saúde da minha família e dos meus empregados.” As palavras de Fábio Patrício, pizzaiolo autodidacta, deixam transparecer a preocupação no que diz respeito à actualidade. Contudo, o negócio da Big Chic, pizzaria com morada no n.º 14 A da Rua Barão de Sabrosa, em Lisboa, vai de vento em popa. 


Big Chic, uma das mais solicitadas pelos clientes desta casa


“Aqui trabalha a família toda!” Fábio Patrício e o pai são sócios. A mãe e a mulher são responsáveis pelo café, instalado no piso acima da cozinha aberta para a sala e onde decorre toda a acção. O irmão mais novo também tem a função de pizzaiolo e o do meio é um dos funcionários que faz as entregas em casa. Portanto, “todo o cuidado é pouco, mesmo em relação aos meus empregados”, daí que tenham vindo a adiar a decisão de abrir a pizzaria, continuando a apostar no takeaway e na entrega em casa, acções que já desempenhavam antes de Março de 2019. Um caso de sucesso. A prova está no registo diário de cerca de uma centena de pizzas vendidas, entre segunda a sexta-feira, número que cresce para os 180, ao fim-de-semana. “Vendemos para Lisboa inteira e temos clientes que vêm de Cascais, do Carregado, de Santarém!”



Todas as pizzas são feitas ao “estilo brasileiro, de massa alta e fofa, mas pomos queijo creme no rebordo, porque não é permitido importar o queijo catupiri, muito utilizado no Brasil”, explica Fábio Patrício, que exerce a sua profissão de pizzaiolo ao fim-de-semana – de Sexta-feira a Domingo –, quando o número de entregas aumenta substancialmente. “Também para dar mais folga aos pizzaiolos – são quatro, para além de mim – que têm crianças pequenas e precisam de estar com a família, daí há pouco ter dito que precisamos de ter cuidado, porque se alguém adoece, temos de fechar.”


A elasticidade do queijo é uma das mais-valias desta mozzarella


E todas são cobertas com queijo mozarella da Maestrella, “porque é muito saboroso e a textura é incrível. Se comer a pizza, mesmo fria, no dia seguinte, o queijo continua com o mesmo desempenho. Já experimentamos outros queijos, mas só encontramos vantagens no mozarella da Maestrella. Nenhum outro é como este e como não quero perder qualidade, vou continuar com este produto da Maestrella. São cerca de 250 quilos de queijo mozarella da Maestrela que gastamos por semana!”
 


As favoritas da maioria dos clientes são a Big Chic e a Gordo Chic. Quanto às novas, são a barbecue, a calabresa – “muito apreciada pelos brasileiros” – e a americana, mas há novas a entrar novamente na lista. O bolo de pote, sobremesa típica do Brasil, é a sobremesa desta casa. Lima, brigadeiro, doce de leite e coco são alguns dos sabores disponíveis para terminar a refeição em casa depois de encomendar através do 218 221 941 ou do 916 778 548.

Conteúdo desenvolvido em parceria com:
+ Maestrella
+ Maestrella no Facebook
+ Maestrella no Instagram
+ Dreamplus
+ Dreamplus no Facebook
+ Dreamplus no Instagram

© Fotografia: João Pedro Rato

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.

You Might Also Like

No Comments

Leave a reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.