The Mallet, a 3.ª edição da Taylor’s Historical Collection

Inspirada em garrafas históricas, esta colecção consiste numa edição limitada representativa da tradição na manufatura, com a garantia de preservar as características do Vinho do Porto Tawny.

Coleccionáveis e exclusivas, as garrafas que integram a Taylor’s Historical Collection representam a recriação da história do Vinho do Porto e vão já na terceira edição. O formato de “maço-cilíndrico” ou the mallet, nome atribuído a este recipiente de vidro, remete para a Inglaterra da década alta de 1750. Já no século XVIII, foi desenvolvida a garrafa de vinho mais alongada, cilíndrica semelhante à da actualidade. É de salientar que o Vinho do Porto era transportado, em tempos idos, em barris atestados nas caves em Vila Nova de Gaia, e submetidos à viagem marítima até Inglaterra.

O Vinho do Porto desta nova edição é feito a partir de uma selecção de tawnies, cujo envelhecimento ocorre em velhos cascos de carvalho da Taylor’s, a casa centenária pertencente à The Fladgate Partnership. No nariz, denota uma complexidade aromática a café, caramelo e frutos secos, sobretudo nozes e passas, acrescidos de ligeiros aromas florais. A sua textura macia complementa a prova. À mesa, a harmonização é perfeita com sobremesas feitas com café, caramelo e/ou chocolate, bem como com frutos silvestres. Ou para beber a solo.

Tal como as duas primeiras garrafas – a primeira, apresentada em 2017, por ocasião do 325.º aniversário desta casa centenária de Vinho do Porto, e conhecida por the onion; e a segunda, em 2019, é inspirada numa histórica garrafa inglesa, a que chamaram the chestnut –, o novo Taylor’s Historical Collection (€34,50) também exibe o símbolo ‘4XX’ utilizado por esta histórica casa estabelecida em 1692.

Brindemos!


+ Taylor’s Historical Collection

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.