Um Dia (de cada vez) na Salmarim / Projecto Matéria

As salinas, em terras algarvias, de Jorge Raiado, são o cenário do próximo evento do chef João Rodrigues que, no jantar de 27 e 28 de Junho, convida Aitor Arregui, chef do restaurante basco Elkano, a cozinhar o que o mar lhes der, tendo os comensais direito, também, a matiné… e não só.


Depois da Quinta do Arneiro, no concelho de Mafra, em Setembro de 2020, e da Herdade de S. Luís, que integra o projecto Porcus Natura, em Montemor-o-Novo, em Maio de 2021, João Rodrigues, chef do Feitoria, restaurante do Altis Belém Hotel & Spa leva “Um Dia no Produtor”, nome atribuído ao evento associado ao seu Projecto Matéria, ao Algarve. Neste caso, o anfitrião é Jorge Raiado, criador da Salmarim e, simultaneamente, o cicerone da visita guiada pelas suas salinas de Moinho das Meias, localizadas na Reserva do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António, onde procede à delicada extracção de flor de sal que “dão corpo” à sua Salmarim.


“A ideia começou com os jantares [Matéria], para levar os produtores à mesa, enquanto este evento tem como objectivo levar as pessoas ao produtor”, sempre com um ou mais chefs convidados, “e passar um dia com ele”, explica. Desta vez, João Rodrigues convida Aitor Arregui, para cozinhar peixe. A escolha recai no facto do chef do Elkano – restaurante situado no País Basco – ter uma profunda ligação ao mar, “daí trazê-lo para conhecer a costa portuguesa, sobretudo a do Algarve”, conta o criador do Projecto Matéria, além de que “procuramos sempre alguém que cozinhe a céu aberto e sem formalismos”.

O programa “Um Dia no Produtor” começa às 16h00, nas salinas de Moinho das Meias, na Reserva do Sapal de Castro Marim e Vila Real de Santo António, e o menu é surpresa, já que vai depender do que o mar proporcionar para os jantares de 27 e 28 de Junho. Para o efeito, João Rodrigues e Aitor Airregui vão contar com o apoio da Nutrifresco, negócio familiar ligado à pesca fundado, em 1999, por Pedro Barros, e o repasto será acompanhado pelos vinhos do Morgado do Quintão, produtor vitivinícola de Silves. Sem esquecer a flor de sal da Salmarim extraída por Jorge Raiado. A experiência (€130 por pessoa) obriga a reserva antecipada através do email geral@projectomateria.pt.

+ Projecto Matéria

© Fotografia: Vânia Rodrigues / Projecto Matéria

Foto de entrada: João Rodrigues, chef do Feitoria e fundador do Projecto Matéria

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.