Cereja do Fundão: No prato ou em cocktail?

Leça da Palmeira, Porto, Vila Nova de Gaia, Lisboa, Carvoeiro, Albufeira, Almancil e Vila Nova de Cacela são os oito destinos da 5.ª edição da Rota Gastronómica da Cereja do Fundão, até 2 de Julho irá, de certo, acicatar a curiosidade de quem tanto aprecia experiências à mesa ou no copo.

Suprema de pato com beterraba, cerejas do Fundão assadas no carvão, pele de cavala estaladiça e jus de rosas, um dos pratos em que tão guloso fruto é rei, da autoria do chef Miguel Paulino, do Panorama, no Sheraton Lisboa Hotel & Spa

A Casa de Chá da Boa Nova (1 estrela Michelin), do chef Rui Paula, em Leça da Palmeira, A Colonial, do chef pasteleiro Francisco Gomes, Pedro Lemos (1 estrela Michelin), do chef Pedro Lemos, e Cantinho do Avillez, do chef José Avillez, no Porto, The Yeatman (2 estrelas Michelin), em Vila Nova de Gaia, são os anfitriões deste itinerário que passa, desta feita, pelo Norte de Portugal.

Em Lisboa, o resultado do desafio é apresentado à mesa do Eleven (1 estrela Michelin), do chef Joachim Koerper, do Laurentina, do Bistro 4, no Porto Bay Liberdade, com o chef João Santo, do Panorama, no Sheraton Lisboa Hotel & Spa, com o chef Miguel Paulino, que já mostrou o alinhamento do menu em que a cereja do Fundão é rainha, de O Nobre, da chef Justa Nobre, do Loco (1 estrela Michelin), do chef Alexandre Silva, do Cantinho do Avillez e do Café Lisboa, ambos do chef José Avillez, e da Taberna da Rua das Flores, de André Magalhães.

Este ano, o itinerário gastronómico de tão guloso e delicado fruto passa, pela primeira vez, por terras algarvias, marcando presença nos menus dos restaurantes São Gabriel (1 estrela Michelin), do chef Leonel Pereira, do BonBon (1 estrela Michelin), com o chef Rui Silvestre, do Vila Joya (2 estrelas Michelin) e do Vila Joya Sea, com o chef Dieter Koschina, e Vistas, no Monte Rei Golf & Country Club, com o chef Albano Lourenço.

De acordo com os critérios deste evento que começou a 16 de Junho, a cereja é protagonista em entradas, pratos principais, sobremesas ou cocktails participando, neste caso, o Red Frog, o Double9 e O Purista – Barbière, em Lisboa, assim como o Liquid Lounge, no rooftop do Hotel Nau da praia dos Salgados, Albufeira. Segundo disse Paulo Fernandes, presidente da Câmara Municipal do Fundão, em comunicado, “o crescimento da rota, com a sua expansão geográfica, reflete o reconhecimento da qualidade do produto pelos principais chefs a nível nacional. No ano passado estreou-se no Porto e este ano chegámos ao Algarve. Sentimos que é já um evento que marca esta altura do ano e que reconhece a Cereja do Fundão como produto de excelência e também o trabalho que o Município tem desenvolvido, utilizando este fruto como motor de desenvolvimento económico da região”.

Quem alinha neste desafio? Bom apetite e um brinde! •

© Fotografia: João Pedro Rato

Partilhe com os amigos:

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.