NO COPO, TABLE 0

Pinot Noir Naked, o espírito livre dos vinhos Vicentino

A colheita é de 2019 e trata-se do novo tinto da Costa Vicentina. É a versão crua da casta francesa que vem rimar com o Verão de 2020.


Bernardo Cabral, enólogo, Miguel Mimoso, vitivinicultor, e Filipe Caetano, General Manager dos vinhos Vicentino


“É a casta mais difícil que já me passou pelas mãos”, afirma Bernardo Cabral, enólogo da Vicentino, ao falar sobre o Vicentino Pinot Noir Naked 2019. Em causa está a pele sensível das uvas desta casta, ou seja, o risco de desidratação aumenta quando está muito calor e o apodrecimento torna-se realidade face à chuva e à humidade em grande escala. Por isso, a atenção à vinha impera aquando do momento da vindima. A finalidade é avançar no momento certo para a colheita, trabalho esse que é feito a par com Miguel Mimoso, o viticultor responsável pelos 60 hectares de vinha – dos quais 4,5 são ocupados pela Pinot Noir – plantados em pleno Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, com localização no Brejão, junto à Zambujeira do Mar, no concelho de Odemira e a escassos quilómetros do mar, particularidade que confere a salinidade e a frescura à maioria dos vinhos Vicentino.

Chegada à adega, 30 por cento da uva foi fermentada sem ser desengaçada e submetida a uma extracção muito subtil. Objectivo? Preservar as características da Pinot Noir. Após seis meses de estágio em inox, este tinto foi engarrafado, dando corpo a uma versão crua desta casta, “despojada” de barrica de madeira e, simultaneamente, à irreverência dos vinhos de Ole Martin Siem, o norueguês que, em 2007, decide plantar vinha e, em 2014, apresenta a Vicentino no mercado vínico.


O resultado confere a criação de um Vicentino Pinot Noir Naked 2019 (€9,75) que cabe numa garrafa transparente. “Uma ousadia!” Dirão alguns, mas também uma referência vínica que, à mesa, vai bem com os pratos que tanto apetece comer nos dias quentes de Verão.

Além das carnes e do peixe grelhados, destaque-se ainda a sardinha assada e o robalo, para gáudio de gastrónomos e enófilos que, em conjunto, apreciam os prazeres de uma refeição descontraída ao ar livre.


+ Vicentino Wines

© Fotografia: João Pedro Rato

Já recebe a Mutante por e-mail? Subscreva aqui.

You Might Also Like

No Comments

Leave a reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.